Com direção de João Miguel solo estreia no Gamboa Nova

No Circuito, Teatro
20 de março de 2019
por Genilson Coutinho

Em seu mais novo trabalho nos palcos, João Miguel dirige o ator Ricardo Fagundes em “Das  ‘coisa’ dessa vida…”. O solo dá voz a Nalde, um artista que compartilha com o público suas histórias enquanto se arruma para uma performance. Interiorano e sonhador, ele recorda que desde criança sente prazer em se fantasiar e passar horas se apresentando para plateias imaginárias. Contudo, ao perceber os olhares e comentários repressores sobre seu comportamento, tenta se enquadrar nas regras sociais para não sofrer, até que um dia, percebe que não nasceu para agradar os outros, então decide ser ele mesmo e vai viver a vida que sempre desejou. De acordo com o diretor e o ator, o personagem sai do seu interior e das catalogações impostas para poder existir e brilhar. Com texto de Gildon Oliveira, a montagem estreia dia 04 de maio, às 19h, no Teatro Gamboa Nova, onde cumpre temporada, aos sábados e domingos, até o final do mês.

Trinca nordestina

            “Das  ‘coisa’ dessa vida…”  é encabeçado por com um trio baiano. Assina o texto do solo, Gildon Oliveira, doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas (PPGAC) da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e mestre pela mesma instituição. Esse baiano de Ilhéus contabiliza no currículos algumas peças teatrais, dentre elas “Olorum”, “Ave de areia e, mais recentemente, Eu sou a tempestade e também roteiros para filmes e séries.

            Conhecido do grande público, primeiramente, pelos trabalhos nas telonas, João Miguel (Estômago/Xingu/Cinema, Aspirinas e Urubus) tem mais de vinte filmes no currículo, muitos prêmios e críticas elogiosas. Devido ao reconhecimento de seu trabalho,  vieram  os convites para atuar em novelas e séries da Globo e da Netflix. Todavia, apesar da possibilidade de atingir grandes plateias através dos veículos de comunicação de massa, o baiano da capital não abandonou o teatro e, de tempos em tempos, volta a cartaz com o seu monólogo Bispo, que conta a história do artista sergipano  Arthur Bispo do Rosário, com o qual  já se apresentou em várias cidades brasileiras.

            O ator Ricardo Fagundes iniciou a carreira no espetáculo que reinaugurou o Teatro Vila Velha, em 1998, “Um Tal de Dom Quixote, dirigido por Márcio Meirelles. De lá para cá, o também soteropolitano trabalhou, durante três anos, com a Companhia Baiana de Patifaria em “A Bofetada e “Capitães da areia, e fez o circuito Caixa Cultural e SESC CE com a montagem “O grande passeio”, direção de Meran Vargens. Como dançarino, integrou a Companhia VilaDança em “Da ponta da língua a ponta do pé e também “Aroeira. Atualmente, ele é doutorando pelo PPGAC da Universidade Federal da Bahia.

 

Serviço:

Quando: 04 a 26/05 (sábado a domingo)

Horário: 19h (sábado) / 17h (domingo)

Onde: Teatro Gamboa Nova

Valor: R$ 20 (inteira) R$ 10 (meia)

Funcionamento da bilheteria: 16h (quarta a sábado); 15h (domingo)

Classificação indicativa: 12 anos

Informações: (71) 3329-2418

www.teatrogamboanova.com.br