Com declaraçoes homofóbicas, Diogo Preto é vaiado em Salvador

Notícias
30 de julho de 2017
por Genilson Coutinho

images (2)

Atualizada em 30 de julho ás 18h.

A noite do último sábado, (29), foi de celebração em grande estilo no Alto do andú, nas celebrações do 5 anos da Amsterdam Salvador. Com estrutura incrível e um time de DJs que não deixou ninguém parado. Mas o Fit Dance, uma das atrações da festa, o melhor o dançarino e ex web celebridade, e animador da trupe, Diogo Preto, distribuiu machismo e preconceito durante sua animação, o que não agradou em nada ao público que o vaiou.
Com um discurso equivocado e distribuido seu preconceito Diogo proferiu frases como:
“Quando eu era pequeno eu era até meio VIADO, mas quando eu descobri o que viado fazia, eu deixei de ser viado”.
Após esssa desastrosa citação, ele foi vaiado e continuou se achando no direito de falar dos “viados”, como ele verbalizava.
“Eu posso falar dos viados, tenho muitos amigos meus que são, e nao tenho preconceito posso falar sim”, dizia ele ao microfone sobre as vaias .
Além de ter pedido a oportunidade de ficar mudo, no que se refere à comunidade lgbt, ele ainda trouxe no seu discurso, o machismo, em frases que deveriam não mais fazer parte do nosso cotidiano .
Refente à cor da pele das mulheres.
“Como aqui e em todo lugar, tem que ter uma neguinha … que entre a nossa, ela acaba comigo na hora H. Faça como você faz lá em casa.. Ai que mexidinha gostosa”. E continuou com sua apresentaçao: ” e agora essa branquinha, apenas por fora, pois tem alma negra”. Diz ele .
Essas foram alguns closes errados do dançarino do grupo Fit Dance.

Em nota, a assessoria do dançarino nos enviou uma resposta escrita por ele confira abaixo . A organização da festa também enviou nota sobre o ocorrido.

Diogo Pretto

“Quero esclarecer o mal entendido que aconteceu ontem no show de aniversário da Amsterdam.

Como sempre, brinquei com o público. Como sempre, estava muito a vontade. E, em meio às brincadeiras, posso ter me expressado incorretamente e, por isso, mal interpretado por alguns.

Em um momento do nosso espetáculo, realmente teve uma ameaça de vaia, mas, quando o meu pensamento foi concluído, quando perceberam que primeiro eu estava brincando e, logo em seguida, falei sério, houve aplausos.

Como não teve resposta negativa do público no momento e todos continuaram interagindo com a gente maravilhosamente bem, imaginei que não tivesse ficado ruídos. Mas, vi que ficou e preciso deixar bem claro: NÃO SOU HOMOFÓBICO NEM RACISTA. Não tenho por que ser!

Vivo em uma cidade multicolorida, de muitas raças e credos, uma cidade da diversidade. Tenho diversos amigos gays, negros, brancos e héteros. Não escolho amigos pela cor da pele ou pelas condição sexual ou de gênero.

Sempre fiz questão de defender a bandeira da igualdade onde quer que eu esteja.

Não precisa me conhecer pessoalmente para saber isso. Basta uma breve passada por minhas redes sociais para constatar o que estou dizendo.

Sou amigo de todos e luto, diariamente, contra o preconceito em todas as suas possibilidades. Deixo, então, aqui os meus sinceros pedidos de desculpas, especialmente para aqueles que se sentiram ofendidos com a minha brincadeira, que me perdoem profundamente.

Quero aproveitar esta situação para reafirmar o profundo respeito e admiração que tenho por todas as pessoas que lutam pela defesa da diversidade, contra a homofobia e o racismo.””.

A Amsterdam Salvador é aberta à diversidade, em todos os aspectos. Não apoiamos ou sustentamos preconceitos e condenamos as posições de Diogo Preto. Ficamos tristes e frustrados que um momento que deveria ter sido só de alegria tenha gerado um desconforto na equipe e no público. Entramos em contato com o empresário da Fit Dance logo após a apresentação e deixamos claro nosso descontentamento com as declarações. Aguardamos uma posição do dançarino, reforçando nossa conduta contrária à homofobia e qualquer discriminação. Assina a nota o clube que pertence ao grupo San Sebastian.

 

 

  • Rogerio Brito Moreira

    Quanta futilidade pronunciada por uma pessoa só. Vá estudar meu amigo. Cultura é conhecimento.

  • rcajazeira

    E em Brasília a turma desviando em alta nosso dinheiro!