Clara por Carla:Com direção de Fred Soares, Carla Visi lança show em homenagem a Clara Nunes

Sem categoria
25 de setembro de 2013
por Genilson Coutinho

 

Toda beleza do Cd Pura Claridade poderá ser vista ao vivo no próximo dia 27 de setembro, no Teatro Castro Alves. Neste dia, o importante espaço cultural recebe, às 21 horas, o show “Carla Visi, em ‘Pura Claridade’ – Uma homenagem a Clara Nunes”. O show, baseado no disco homônimo de Carla Visi, lançado recentemente pela Sony Music, tem direção geral de Fred Soares, direção musical de Rudnei Monteiro.
“Este será um espetáculo contemporâneo que transporta para o palco a musicalidade da interprete em composição com as raízes e essência musical de Clara Nunes”, revela Fred Soares. Deste o roteiro, passando pelos cenários e figurinos, o espetáculo valoriza principalmente a trajetória da artista homenageada, com suaves repaginações nos arranjos, deixando-os mais atuais, mas sem perder sua originalidade.
Dividido em três momentos, ANUNCIAÇÃO, ORAÇÃO e CLARIDADE, o show mostra todo o repertório do disco, passeando por toda a carreira de Clara Nunes, desde as suas primeiras música como “Você Passa Eu Acho Graça”, “Tristeza, Pé No Chão”, “Contos de Areia”, e com algumas canções que ficaram de fora do registro como “Feira de Mangaio” e “Menino Deus”, além do samba enredo “Portela na Avenida”, imortalizado pela sua voz.
Carla Visi – Se existe o DNA do canto, Carla Virginia Soares Fernandes, a baiana Carla Visi, pode dizer que tem notas musicais no sangue. Bisneta, neta e filha de cantoras, de acordo com sua mãe “começou a cantar desde que deu o primeiro choro”. Profissionalmente, se iniciou no canto aos 17 anos, quando ganhou o seu primeiro cachê, o que não a impediu de se formar em jornalismo, pela Universidade Federal da Bahia – UFBA.
Substituiu Daniela Mercury na Cia Clic, banda que permaneceu por cinco anos. Na sequência foi convidada para substituir Marcia Freire nos vocais da Banda Cheiro De Amor, em 1995. Nesta banda se destacou com canções como “Vai Sacudir, Vai Abalar”, “Quixabeira”, “Ficar com Você”. A banda sob sua liderança chegou à marca de quatro milhões de discos. O primeiro disco solo foi um projeto dirigido e idealizado por Mazzola para homenagear o cantor e compositor baiano Gilberto Gil.

Na sua carreira musical cantou com grandes nomes como Martinho da Vila, com quem gravou o samba “O Amor Não É Brinquedo”, presente no CD “A Casa de Samba 03”, em 2000. Ao lado de Gilberto Gil gravou em 2001 “Só chamei porque te amo”, no disco que fez releituras de algumas canções do artista da década de 60 até meados de 80. O primoroso trabalho contou com arranjos de César Camargo Mariano, Lincoln Olivetti, Zeca Baleiro, além do talento da nova geração de arranjadores da Bahia: Cesário Leone, Radamés, Gérson Silva, Luciano Calazans e a genialidade percussiva de Ramiro Mussoto. O disco “Por Todo Canto”, produzido especialmente para uma turnê internacional pelo Japão e Europa em 2004 foi distribuído pela RCA Victor japonesa e pela Som Livre portuguesa.

Em 2011 realiza o projeto Encanto Mestiço cuja direção musical e arranjos são do maestro Letieres Leite, criador da Orkestra Rumpilezz e a direção artística de Paulo Atto, diretor teatral e hoje secretário de cultura da cidade de Ilhéus – Bahia. O repertório é composto principalmente por canções gravadas em seus discos solo. Para conhecer melhor esse projeto basta acessar o site www.carlavisi.com.br/encanto.

O novo disco de Visi “Pura Claridade” acaba de chegar nas lojas reais e virtuais. Um tributo a Clara Nunes no qual reúne uma faixa marcante de cada disco da carreira da artista. São 15 músicas de diferentes momentos da cantora mineira, lançados entre 1966 e 1982 – e duas – “Mineira” e “Um ser de luz” – que homenageiam sua vida e obra.

O tributo traz participações especiais de Paula Fernandes, em “Dia de Esperança”; Pinha em “Ê Baiana”; Thiaguinho em “Tristeza Pé no Chão”; Péricles em “Canto das Três Raças”; Xande de Pilares em “Coração Leviano” e Daniela Mercury em “Morena de Angola” – composta por Chico Buarque na década de 1980.
SERVIÇO

O que: Carla Visi em “Pura Claridade” – Uma homenagem à Clara Nunes
Direção: Fred Soares
Direção Musical: Rudnei Monteiro
Quando:27 de Setembro, 21h
Onde:Teatro Castro Alves
Ingressos: 1º Lote: 50,00 (A a Z4) / 30,00 (Z4 a Z11)
Informações: (71) 3117.4899
Vendas: Bilheteria do Teatro e SAC´s Barra e Iguatemi