Cilada .Com por George Araujo

Sem categoria
7 de julho de 2011
por Genilson Coutinho

O tipo de comédia que brasileiro sabe fazer. ‘Cilada.com’, filme que tem Bruno Mazzeo como roteirista/protagonista e como diretor, José Alvarenga Jr. (de Os Normais, Divã, dentre outros) veio para divertir o público com um humor ácido e ousado (no sentido sexual da palavra). Este filme é uma adaptação da série ‘Cilada’ que estreou em 2005 no canal Multishow e virou quadro no Fantástico – ambos da Rede Globo.

Cilada.com é uma comédia bastante atual, que utiliza-se dessa profusão de vídeos no youtube que produzem novos famosos a cada semana para fazer piada e (por que não?) até mesmo nos fazer refletir sobre esse ‘problema’. A cada minuto são postados cerca 48 horas de vídeos novos no youtube e 3 bilhões de vídeos são vistos diariamente, segundo dados deste ano. Um desses vídeos que foi ‘parar’ na rede foi o de Bruno. Neste vídeo, mostra ele transando com sua namorada; uma transa que durou cerca de 10 segundos (segundo ele foram 12), expondo para todos o seu problema de ejaculação precoce. O vídeo foi postado pela sua (ex)namorada Fernanda (Fernanda Paes Leme) quando ela o pegou transando com outra mulher no casamento de uma amiga. Ela decidiu também humilhá-lo, mas em escala muito maior.

Enquanto o vídeo vai passando dos 300 mil acessos, Bruno vai ficando mais famoso e passando por outras ciladas durante todo o decorrer da história. Primeiro ele decide gravar depoimentos de suas ex-namoradas falando dele, só que aí não deu muito certo quando ele percebeu que não teria muitas histórias boas para serem expostas. Depois ele teve a grande sacada de gravar uma ‘transa perfeita’ sua para também colocar na internet e limpar sua imagem.

Mas a sequência também reserva alguns minutinhos para passar uma mensagemzinha de amor e emocionar o público. Pelo menos eu, depois de tanto rir, consegui me emocionar também. Prova de que o roteiro está imexível, conseguindo contrapontos bem idealizados difíceis de conseguir.

Com diversas participações especiais – ao todo são 73, o filme traz cenas hilárias como a do pai de santo interpretado por Luís Miranda, o cineasta Marconha interpretado por Sérgio Loroza e a bafenta colega de trabalho interpretada por Carol Castro. Cenas para gargalhadas altas.

Por também tratar de problemas sexuais, poderia até arriscar em dizer que Cilada.com é a versão masculina do excelente ‘De pernas pro ar’ com Ingrid Guimarães e que fez o maior sucesso no começo deste ano. Não me considero moralista, mas fiquei preocupado com minha prima de 16 anos, que estava vendo o filme comigo, assistindo algumas cenas do filme. Afinal, eu a vi pequena e… enfim, foi difícil ver minha prima rindo de certas coisas…meio pesadas, eu diria. Admito. Tá! Levem quem quiser, mas respeitem a classificação indicativa, pelo menos. rs

Cilada.com tem todos os atributos para ser visto nos cinemas. Divertido, inteligente merece fazer sucesso, mesmo espremido entre o último filme da saga Harry Potter e Transformers 3. Vá assistir. Não é uma cilada!

É AMOR. É CILADA.

 

Para reflexão: Eu, como publicitário, fico me perguntando porque a minha profissão é tão utilizada no cinema brasileiro. Todo mundo já sabe o que é um briefing?

Para reflexão 2: Muito cuidado ao postar algo na internet. Depois de postado, já foi!

 

 

 

 

 

 

George Araújo – Colunista de Cinema –  Dois Terços
Publicitário, Blogueiro, twitteiro e cinéfilo de plantão. Trabalha na área de criação gráfica e com mídias sociais e é idealizador do BlogayrosCamp.

Foto: Divulgação

Confira o trailer oficial aqui