Centro Técnico do TCA promove oficina de Iniciação à Chapelaria;veja como fazer sua inscrição

Sem categoria
29 de abril de 2013
por Genilson Coutinho


Estão abertas até o dia 07 de maio as inscrições para a Oficina de Iniciação à Chapelaria, promovida pelo Centro Técnico do Teatro Castro Alves. A oficina é voltada para profissionais ou estudantes das áreas de figurino, adereços, cenotecnia, artes plásticas e áreas afins. Este ano, mais uma vez, o Centro Técnico oferece aos profissionais das áreas da Engenharia do Espetáculo, uma série de oficinas voltadas para a capacitação e qualificação nas áreas técnicas específicas de figurino, cenário, adereços, iluminação, som e cenotecnia. A temporada de oficinas se inicia com a oficina de Chapelaria, que será ministrada pela aderecista Alessandra Santiago, de 15 de maio a 14 de julho, às segundas, quartas e sextas, das 9h às 12h, no próprio Centro Técnico. São 20 vagas disponíveis e as inscrições podem ser realizadas de segunda a sexta-feira, das 09h as 12h e das 14h as 18h, no Centro Técnico do TCA.

Iniciação à Chapelaria – A oficina tem como foco o estudo dos materiais relacionados à confecção de chapéus e o seu uso ao longo da história, destacando os modelos que marcaram época no cinema. A oficina partirá dos modelos básicos de coquinho, para a confecção de diferentes tipos e modelos de chapéus como touca vitoriana, chapéu cocktail, chapéu eduardiano, turbantes, chapéu com aba e finalizando com o chapéu de carnaval.

Durante a oficina os modelos serão confeccionados junto com a turma que também desenvolverá a parte de adereçaria, formas de modelagem, formas de manutenção, acondicionamento e limpeza das peças finalizadas.

ALESSANDRA SANTIAGO – Figurinista e aderecista, Alessandra Santiago nasceu em Salvador em 1978, e trabalha com carnaval, teatro e cinema. Começou a estudar moda ainda na Bahia e mudou-se para o Rio de Janeiro onde se formou em design de moda pela Universidade Veiga de Almeida ISA-UVA, especializando-se depois em modelagem de época e moulage. Atualmente divide seu tempo entre o Curso de pós graduação em figurino e carnaval, o trabalho como aderecista no Teatro Castro Alves e o seu atelier de figurinos e adereços para espetáculos.