Centro de Convenções vai receber sessões de cinema e outros eventos no formato drive-in

Cinema, No Circuito
9 de junho de 2020
por Genilson Coutinho

O Centro de Convenções Salvador (CCS) passará a receber os eventos no formato drive-in, assim como foi sucesso nas décadas de 70 e 80. A diferença é que em vez de abrigar somente uma tela de cinema, o Centro poderá receber outros tipos de produções culturais, como peças de teatro, shows, palestras e o que mais a criatividade do realizador permitir.

Os eventos estão em fase de captação e planejamento, acontecerão no momento de regresso da pandemia e seguindo todas as determinações do poder público. Enquanto essa etapa não chega, a equipe do Centro de Convenções Salvador permanece trabalhando para desenvolver projetos que se adequem ao “novo normal” e ao mesmo tempo conciliem segurança sanitária com uma excelente experiência aos seus frequentadores.

A estreia do Drive-In CCS, porém, já tem formato definido: será uma sessão de cinema no primeiro tempo para depois adicionar outros conteúdos no mesmo formato operacional. “Estamos adaptando a forma de oferecer cultura e entretenimento à conjuntura atual. Numa cidade em que as atividades da indústria criativa são tão intrínsecas ao cotidiano, entendemos que essa será uma alternativa para proporcionar bem-estar aos soteropolitanos”, aponta Ludovic Moullin, diretor geral do Centro de Convenções Salvador.

No formato em estudo, o público fica dentro dos carros, no estacionamento aberto do CCS, e assiste ao evento com toda a garantia de distanciamento social e segurança. Serão disponibilizadas 300 vagas para cada sessão. Os veículos ficarão distribuídos em uma área de cerca de 10.000m², e os visitantes não poderão sair dos seus carros. Todas as precauções indicadas pelas autoridades sanitárias e determinações do poder público serão seguidas, como disponibilização de álcool gel e uso obrigatório de máscara, entre outros.

Sobre a GL events

Presente em 27 países nos cinco continentes, a companhia administra 50 espaços, entre pavilhões de exposições, centros de convenções e arenas multiuso. Com faturamento de 1.173 bilhão de euros em 2019, a empresa tem atualmente mais de 4.500 funcionários, sendo 36% deles fora da França. A companhia chegou em 2006 no Brasil, onde já investiu cerca de R$ 1 bilhão, e está presente nas suas três principais capitais turísticas e de negócios: São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. 

Líder de mercado no país, a companhia reproduz aqui o modelo de negócios da matriz, com um portfólio de empresas que atuam em linhas de negócios complementares. Atualmente conta com seis empresas no país e faz a gestão do São Paulo Expo, o principal destino de eventos da América Latina; do Riocentro, o mais completo centro de eventos e convenções do Brasil; além da Jeunesse Arena, na Barra da Tijuca, uma das principais arenas multiuso do mundo. Os três espaços recebem mais de 300 eventos e um público superior a 4,5 milhões de visitantes por ano. Desde janeiro, passou a administrar também o Centro de Convenções Salvador.

Deixe seu comentário

Sem comentários, seja o primeiro.