CENA BAIANA DE STAND-UP COMEDY PRETENDE CONSTRUIR ESPAÇO PERMANENTE EM SALVADOR

Sem categoria
10 de julho de 2012
por Genilson Coutinho

 

STAND-UP INCENA é um projeto desenvolvido pelo Clube do H.I.E.N.A.S – PRIMEIRO CLUBE DE COMÉDIA STAND-UP DA BAHIA, hoje formado pelos atores Karla Koimbra e Talis Castro, com o objetivo de fortalecer a cena stand-up na Bahia e criar um espaço de encontros contantes entre os comediantes de maior destaque no gênero do estado, novos comediantes, comediantes de outras regiões e o público. A estreia acontece no dia 12 de Julho no Cine Cena Unijorge, no Shopping Itaigara. Todas as quintas, as 20:30h, o espaço será o ponto de encontro da cena baiana de Stand-up Comedy.

Para dar inicio ao projeto formamos uma verdadeira seleção com os stand-up comedians de maior destaque do nosso estado: Guga Walla (Humor Sem Regras), Karla Koimbra (Clube dos H.I.E.N.A.S), Paulo Prazeres (Por Inteiro e Sem Cortes), Rafael Medrado (Comédia, Etc e Tal) e Talis Castro (Clube dos H.I.E.N.A.S). A ordem das apresentações muda a cada dia. Além dos comediantes da grade, cada semana receberemos um convidado ou um iniciante para o Open-mic (Microfone aberto). Qualquer pessoa que acredite ser capaz de fazer o público rir pode se inscrever para o “Open”. É só enviar seu texto de até 5 min, nome e telefone para contato para standupincena@hiperativa.art.br e aguardar o chamado.

STAND-UP COMEDIANS

Karla Koimbra – Premiada com o 1º lugar em importantes festivais como o “I Festival Multiarte Firmino Rocha”, através da peça “A Infidelidade ao alcance de todos”, de Lauro César Muniz, e o “1º Festival de Monólogos de Itabuna/Ba”, pela atuação no denominado “Monólogo” de Cecília Meireles, a atriz se destaca pela sua presença de palco marcante, assim como o seu carisma e talento. Com naturalidade, transita entre a comédia e o drama com técnica e sutileza, o que favorece a rápida receptividade e identificação com o público. É integrante do Clube dos H.I.E.N.A.S, primeiro clube de comédia da Bahia e uma das finalistas na etapa Nordeste do Segundo Campeonato Brasileiro de Stand-up Comedy do festival Risadaria.

Paulo Prazeres – Com 11 anos de carreira nas artes cênicas, Paulo Prazeres tem em seu currículo importantes passagens no cenário baiano e paulista. Fez parte da Outra Companhia do Teatro e encenou peças como “A Sacanagem da Outra” e “O Contêiner”. Esta última levou o ator a participar da Mostra Oficial do Festival de Curitiba 2007. Em São Paulo atuou na peça de comédia “Eu não matei P. Maluf” e conheceu o gênero que hoje se tornou o carro chefe da sua carreira: o Stand Up Comedy.

Em 2008 o ator fez sua primeira apresentação de stand up, o chamado “Open Mic”, dividindo o palco com grandes nomes, como os humoristas Danilo Gentilli, Luiz França, Fernando Caruso, entre outros. De volta a Salvador, iniciou o movimento de difusão do gênero na cidade e fez parte de um dos principais grupo de Stand Up de Salvador: Os Donos do Riso.

Paralelo aos seus trabalhos dentro do grupo, criou dois outros projetos de Stand Up Comedy visando popularizar o gênero na Bahia. O primeiro deles foi o “Stand Up Comedy com Prazer”, projeto que ficou 7 meses em cartaz em um dos mais conceituados bares da cidade, o Twist Pub. O segundo projeto foi o “Domingo da Comédia”que esteve em cartaz no Teatro Gamboa Nova e abriu espaço para novos comediantes mostrarem seus trabalhos
Em 2012 o comediante circulou neste verão com seu solo de Stand Up Comedy – Por Inteiro e Sem cortes por 5 cidades do interior. Essa circulação ocorreu através do Verão Cênico da Funceb e foi sucesso de público pelos Centros de Cultura por onde passou: Feira de Santana, Jequié, Porto Seguro, Vitória da Conquista e por fim Valença.

Rafael Medrado – ator e publicitário. Profissionalizou-se em teatro a partir do espetáculo “As Mulheres de Jorge O Amado” em 2006 sob direção de Sônia de Britto. Participou de montagens teatrais com diversos diretores do cenário baiano, das quais se destacam: “As Aventuras do Maluco Beleza”; “Os Cafajestes” e “Camila Baker ” ,ambos com direção de Fernando Guerreiro , “Salmo 91” sob direção de Djalma Thurler e “La Ronde” com direção de Harildo Déda.No gênero stand up, atuou em alguns núcleos como: “Clube dos Hienas” , “Os Donos do Riso” e “Comédia ,Etc. & Tal”.

Talis Castro – Ator, Apresentador, Modelo, Produtor e Publicitário, formou-se através de cursos com Osvaldo Rosa, Harildo Deda, Jorge Alencar, Gordo Neto, Fernando Guerreiro, Cininha de Paula, além de ter participado do Curso Livre da UFBA. Em São Paulo, no Teatro Folha, se apresentou na “Seleção do Humor”, show assistido por mais de 50 mil pessoas e formado pelos melhores artistas do gênero. Em Salvador, fez shows com Murilo Gun, Claudio Torres, Fabio Porchat e grandes nomes do humor nacional. Além disso,atuou em espetáculos do grupo Issucatassom e foi protagonista do “A Maravilhosa História do Sapo Tarô Beque”, que concorreu ao prêmio Braskem no ano de 2004 como melhor espetáculo infanto-juvenil. Atualmente, atua sob a direção de Fernando Guerreiro em “Pólvora e Poesia”, espetáculo que recebeu 5 indicações ao Prêmio Braskem de Teatro em 2010, entre elas ator revelação, vencendo as categorias de Melhor Direção e Melhor Espetáculo e acaba de gravar o longa-metragem Depois da Chuva de Claudio Marques e Marília Hughes que estreia em 2013 nos cinemas. Talis é integrante do Clube dos H.I.E.N.A.S, junto a Karla Koimbra.

STAND-UP COMEDY

Stand-up comedy é uma expressão em língua inglesa que indica um espetáculo de humorexecutado por apenas um comediante. O humorista se apresenta geralmente em pé (daí o termo ‘stand up’), sem acessórios, cenários, caracterização, personagem ou o recurso teatral da quarta parede, diferenciando o stand up de um monólogo tradicional. O próprio material tem uma metodologia própria de organização, em tópicos, não obstante sendo bastante factual. O estilo é também chamado de humor de cara limpa, termo usado por alguns comediantes.

Ainda há confusão na diferenciação do humorista stand up e de outros estilos, como o contador de piadas, o monólogo de humor, o “one man show”, gênero semelhante, mas que permite outras abordagens (interpretação de personagens, músicas, cenas).

O humorista stand up não conta piadas conhecidas do público (anedotas). O texto é sempre original, normalmente construído a partir de observações do dia a dia e do cotidiano. Praticamente qualquer coisa pode ser usada como ingrediente na comédia stand-up. Muitos comediantes trabalham durante anos para lapidar 60 ou 70 minutos de material humorístico, que normalmente executam aos pedaços várias e várias vezes, aperfeiçoando lentamente cada piada com o passar do tempo. O estilo é considerado por muitos um dos gêneros mais difíceis de se executar e dominar, talvez porque o artista em cena esteja desarmado, despido de personagens, apresentando suas ideias a respeito das coisas do mundo, e ainda esteja à mercê da plateia: não raro deve-se ajustar rapidamente sua apresentação de acordo com o humor e gosto de uma plateia específica.

Todo o conteúdo tem que ser criação própria do comediante. Ou seja, o comediante deve se apresentar totalmente como ele é, despido de personagens e invenções. As habilidades necessárias pra ser um stand-up comedian são diversas. É necessário que se assuma de forma solitária os papéis de escritor, editor e artista. Não existem muitas regras sobre os assuntos e abordagens, o que permite uma constante evolução.

CLUBE DOS HIENAS

O clube tem como sócios os atores Karla Koimbra e Talis Castro, juntos desde a primeira formação,em abril de 2008. O grupo surgiu da ideia de unir amigos em torno de pesquisas sobre o genero Stand-up Comedy (comédia em pé), e foram os pioneiros neste estilo na Bahia. Hoje, a grande maioria dos grupos e comediantes stand-up da região já tiveram passagem pelo clube. Em 2009, deixam os rótulos de lado e assumem a identidade de um clube de comédia, fomentando ideias contemporâneas para produzir um humor popular e inusitado que respeite a inteligência do público. Em Salvador, fizeram 4 temporadas em bares (Bar BondCanto, boate Boomerangue, Bar Pra Começar, B-23 Loung Music Bar) e 2 temporadas nos e no Teatro Jorge Amado e Cine Cena Unijorge, além de apresentações em salas de cinema e praças públicas e a participação na primeira edição do FHUBÁ – FESTIVAL DE HUMOR DA BAHIA.

 

Serviço:

Local: Cine Cena Unijorge – Shop. Itaigara, piso 2

Info: www.cinecenaunijorge.com.br –  71 3353 3527

Data: Todas as quintas a partir do dia 12 de Julho

Hora: 20:30h

Ingresso: R$ 40,00 / R$ 20,00