Comportamento

  • download (1)

    Maioria diz que gênero e sexualidade devem entrar no currículo escolar, diz pesquisa encomendada pelo MEC

    G1 Uma pesquisa interna encomendada pelo Ministério da Educação (MEC) no ano passado apontou que a maioria dos brasileiros é favorável à inclusão de questões sobre gênero e sexualidade no currículo escolar. Nunca divulgado publicamente, o levantamento foi obtido com exclusividade pela TV Globo por meio da Lei de Acesso à Informação. Segundo a pesquisa, veja o post completo…

  • download (1)

    Carlinhos Maia assume namorado e mostra vídeo com pedido de casamento

    O humorista Carlinhos Maia surpreendeu os fãs ao publicar um vídeo em que pede Lucas Guimarães em casamento. O rapaz era conhecido, até o momento, por ser amigo do humorista.  Juntos há quase dez anos, apenas agora a relação foi revelada por Carlinhos Maia. Ele define o companheiro como “um homem com H, íntegro, batalhador, veja o post completo…

  • download

    Direitos Humanos será tema de roda de conversa neste domingo (3), no Mercado Iaô

    O público que vai ao Mercado Iaô, projeto idealizado pela cantora Margareth Menezes aos domingos, além de curtir o show e fazer compras na feira de arte e artesanato, que já é um sucesso na Ribeira e fonte de renda para pequenos empreendedores que encontraram no espaço um local para vender seus produtos tem um veja o post completo…

  • images

    Prefeitura abre seleção para o Observatório da Discriminação Racial, LGBT e Violência contra Mulher para o carnaval

    A Secretaria Municipal da Reparação – SEMUR e a Secretaria Municipal de Políticas Para Mulheres e Juventude – SPMJ tornam público a abertura das inscrições do processo seletivo de servidores (as) estatutários (as) da PMS que desejam atuar como Agente de Operação no Observatório da Discriminação Racial, LGBT e Violência Contra a Mulher, durante o veja o post completo…

  • download (2)

    Esporte clube Bahia vai garantir nome social nos seus atos administrativos

    O Brasil é o país que mais mata travestis e pessoas trans no mundo, de acordo com o relatório da ONG Internacional Transgender Europe (TGEU). O número de assassinatos é três vezes maior que o do segundo colocado na pesquisa, o México. As pessoas que sobrevivem a esse massacre convivem diariamente com diversas formas de veja o post completo…