Slider

  • bbbbbb

    Alguém precisa parar Paula e Maycon: Racismo e Injúria Racial são crimes

    Por Elder Luan Se nossas instituições fossem sérias, Paula e Maycon já teriam sido intimados para se apresentar em uma Delegacia de Crimes Raciais, precisariam sair do programa para fazer o depoimento, e logo estariam eliminados do BBB 19. Não tenho acompanhado o BBB 19 na íntegra, infelizmente, algumas demandas de minha vida pessoal tem veja o post completo…

  • aparada

    Artistas denunciam mais uma vez a falta de pagamento dos shows na parada LGBQ+ da Bahia

    Atualizado em 7 de fevereiro ás 19h O Grupo Gay da Bahia (GGB) contratou um grupo de artistas para se apresentarem no evento da Parada LGBTQI+ de Salvador, com promessa de pagamento de R$ 600,00 por artista. O prazo informado para o pagamento foi entre 10 e 30 dias. Em Novembro começamos as cobranças individuais veja o post completo…

  • dma

    Rainha dos Afros: Daniela Mercury é atração dos ensaios blocos afros; confira as datas

    A cantora Daniela Mercury é rainha absoluta da  comunidade LGBTQ, não apenas pelo seus espetáculos, mas por cada vez mais se posicionar em prol da causa LGBTQ . Esse respeito é nítido nos blocos afros que recebem a cantora com tapete de folhas perfumadas e atabaques afiados, para saudar a baiana que parou o MASP veja o post completo…

  • abcsdf

    Hollywood mudou? por Filipe Harpo

    Por Filipe Harpo  Dos oito filmes indicados na categoria melhor filme, no Oscar deste ano, três tem personagens LGBT como protagonista. São eles, A Favorita, Green Book e Bohemian Rhapsody. Estes, diferente de outros com personagens iguais, não tem a homofobia ou a homossexualidade como tema central da trama. São produções sobre outros caminhos… Por veja o post completo…

  • ahomofoba

    Observatório registrará casos de racismo e homofobia no Carnaval de Salvador

    O Observatório da Discriminação Racial, LGBT e Violência contra a Mulher vai atuar no Carnaval de Salvador 2019 para observar, registrar e encaminhar situações de racismo, discriminação e de violência contra as mulheres e o público LGBT nos circuitos da folia. A iniciativa, sob administração da Secretaria Municipal da Reparação (Semur), contará com um posto veja o post completo…