Caso Itamar: Acusada de matar estudante é presa novamente

Sem categoria
10 de maio de 2013
por Genilson Coutinho


A atleta Scarleth Lira Maia Gomes, de 18 anos, foi presa novamente na manhã desta sexta-feira (10) por conta da morte do estudante Itamar Souza, 26 anos, no último dia 14 de abril, no Campo Grande. Segundo a Polícia Civil, Scarleth foi detida quando caminhava pelo bairro Sete Portas.

Investigadores da 3ª Delegacia de Homicídios Baía de Todos os Santos (DH/BTS) cumpriam mandado de prisão preventiva expedido pela 15ª Vara Criminal. Scarleth já tinha sido presa três dias após o crime. Ela negou a participação no caso em depoimento a delegada Simone Moutinho e foi liberada mediante pagamento de fiança.

Segundo as investigações, Scarleth, acompanhada de três moradores de rua: Ricardo Hohlennerger Santos, o “Lerdinho”, 25, um adolescente de 17 anos e um homem identificado como “Índio”, que continua sendo procurado. Eles agrediram Itamar e o eletricista Edmilson dos Santos de Oliveira, 42, a socos e pedradas, depois que os dois saíram de um bar no Beco dos Artistas, no Garcia.

De acordo com a versão da garota, no entanto, ela conheceu as vítimas naquela noite de sexta-feira no bar do Beco dos Artistas, e, depois de beberem cerveja, decidiram pernoitar em um hotel, no Centro.

Quando passavam pelo Campo Grande, teriam sido abordados pelos três moradores de rua. Scarleth afirmou ainda ter conversado com os bandidos, convencendo-os a deixá-la ir embora sem que nada lhe fosse roubado.

O eletricista amigo de Itamar e Ricardo Hohlennerger Santos deram versões diferentes do caso. De acordo com ambos, Scarleth, que é jogadora de basquete e carateca, teria participado do crime.

Após a prisão desta sexta-feira, Scarleth foi encaminhada ao presídio feminino, na Mata Escura, onde permanecerá à disposição à Justiça. Ricardo está custodiado no Complexo Policial dos Barris e o adolescente apreendido foi entregue ao Juizado da Infância e Adolescência.
Fonte: Correio da Bahia