Case da série “Drag me as a Queen” será apresentado neste fim de semana na UFBA

Notícias
8 de novembro de 2018
por Genilson Coutinho

Acontece neste sábado (10)  ás 9h , a apresentação de case da série Drag me as a Queen, veiculada para toda América Latina pelo canal a cabo E!. Os criadores do formato, Amadeu Alban e Paula Lice, conversarão sobre a experiência de produção do programa, rotinas de trabalho e os desafios e as peculiaridades de criar para a TV fechada. O evento é gratuito e ocorrerá no auditório da Faculdade de Comunicação da UFBa.

Drag me as a Queen é um reality show brasileiro que estreou no dia 20 de novembro de 2017. Durante o evento, serão exibidos trechos do programa de TV e o curta-metragem documental Jessy, que serviu de base para o formato da série.

A realização do encontro é do projeto Estação do Drama, uma iniciativa do Grupo de Pesquisa A-tevê – Laboratório de Análise de Teleficção do Programa de Pós-graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas da Facom, com apoio da Pró-reitoria de Extensão da UFBA. A atividade também conta com o apoio das Pipocas Magrelas, que distribuirão snacks durante o evento.

A obra

Drag me as a Queen é apresentado pelas drags Rita von Hunty, Penelopy Jean e Ikaro Kadoshi, que atuam como uma espécie de conselheira para as participantes da atração. Em cada episódio, elas conhecem a história de uma mulher e trabalham sua autoestima e autoaceitação a partir da arte drag. Ao fim de cada programa, a participante libera a diva drag que tem de si, fazendo uma apresentação para a plateia. A quarta produção nacional do E! Brasil foi inspirada no curta documental Jessy (2013), dirigido por Paula Lice, Rodrigo Luna e Ronei Jorge, no qual a atriz baiana Paula mostra seu processo para se transformar na drag queen Jéssica Cristopherry.

Teaser de Drag me as a Queen:

Paula Lice é atriz, roteirista, diretora e performer. Realizou o curta-metragem Jessy (2013), é coautora do universo transmídia “Miúda e o guarda-chuva” e escreveu, dirigiu e produziu “Para o menino-bolha” (melhor texto no Prêmio Braskem de Teatro 2015). É professora de Design do Espetáculo, na Universidade Federal do Recôncavo Baiano.

Amadeu Alban é roteirista, diretor, produtor e sócio diretor criativo da Movioca Content House. Tem larga experiência na criação, direção e produção de conteúdos audiovisuais para cinema e TV. Trabalha com diversos canais fechados e abertos, incluindo a TV Globo, e também outras produtoras, sendo responsável por comerciais, branded content, programas de TV, animações e documentários.

SERVIÇO

Apresentação de case da série “Drag me as a Queen”, com Paula Lice e Amadeu Alban

Quando: 10 de novembro de 2018, das 09h às 13h

Endereço: Auditório da Faculdade de Comunicação da UFBa – Avenida Barão de Geremoabo, sem número, Ondina.

Gratuito

Informações: estacaododrama.ufba@gmail.com