Casarão da Diversidade recebe iniciativa inédita

Comportamento, Social
12 de junho de 2019
por Genilson Coutinho

Equipe apos a reunião

Na tarde desta segunda, 10, o Centro de Promoção e Defesa dos Direitos da LGBT,(CPDD-LGBT), órgão da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), localizado no Casarão da Diversidade, realizou o primeiro encontro das aulas de orientação pedagógica para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), em 2019.

A iniciativa é inédita e foi idealizada e articulada por Bruna Fonseca Santos, junto com o CPDD. Bruna é  uma das atendidas pelo Centro. “A Bruna, que é minha amiga, entrou em contato comigo, pois ela queria reforço para participar do Encceja. Eu aceitei pois meu filho e minha irmã também queriam a mesma coisa. A empolgação dela fez com que chegássemos aqui. Ela contatou algumas colegas dela, e achei a ideia boa e contatei outros colegas professores. Tive uma resposta positiva deles e estamos aqui”, contou Rubem Braga, professor de artes. Segundo ele, Bruna se articulou com outras candidatas e solicitou apoio ao Casarão com a cessão do espaço para as aulas. “Ela conseguiu o espaço e abraçamos a ideia”, disse Braga.

Segundo o coordenador de Políticas LGBT da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Gabriel Teixeira, o Casarão foi pensado como um espaço de acolhimento e desenvolvimento da população LGBTQ+. “A SJDHDS, através da coordenação, promove um movimento de atendimento e de articulação de garantias e promoção de direitos da população LGBT. O Casarão é uma estrutura do Estado que envolve também a sociedade civil e a articulação da sociedade civil para qualificar as pessoas e permitir que elas se envolvam e se impliquem no seu processo de crescimento, educacional e profissional”.