Casal lésbico é indenizado por agressão física sofrida por segurança do Acbeu

Notícias
5 de março de 2015
por Genilson Coutinho

A 3ª Turma Recursal do Tribunal de Justiça da Bahia condenou um segurança do curso de idiomas Acbeu a indenizar em R$ 25 mil duas jovens por agressão física. A atriz Roberta Nascimento, 28 anos, e a artista visual Talitha Andrade, 31 anos, que são namoradas, dividirão a indenização. Elas foram agredidas em 2013, durante uma exposição na galeria do curso. O casal foi impedido pelo segurança de entrar no sanitário feminino. O segurança alegou que o impedimento era em decorrência do fim do evento.

Entretanto, as jovens alegaram que outras mulheres foram liberadas para usar o sanitário. Elas discutiram com o segurança, que lhes agrediu fisicamente. Roberta ficou com o rosto desfigurado por conta de um soco dado por ele. Ao A Tarde, a atriz afirmou que ficou emocionada durante a audiência, realizada na Central dos Juizados Especiais no Imbuí. “Parece que vivi tudo novamente, mas estou aliviada. A justiça foi feita”, afirmou.

Mulheres fazem manifestação contra lesbofobia em frente a ACBEU

Para os magistrados da Turma Recursal, a agressão foi por preconceito, mas consideraram que não há prova de que o caso teria sido motivado por homofobia. A diretora do Movimento de Lésbicas e Mulheres Bissexuais da Bahia, Sandra Muñoz, afirmou que a decisão incentiva outras pessoas que já passaram por situações parecidas a ter seus direitos garantidos.