Casal de repórteres da Globo denuncia homofobia em hotel na Bahia

Notícias
8 de dezembro de 2019
por Genilson Coutinho

Os repórteres Erick Rianelli e Pedro Figureiredo, da TV Globo, denunciaram ato de homofobia em um hotel de Praia do Forte, na Bahia. Os dois são casados desde 2018.

Eles relataram que fizeram uma reserva no Iberostar para um quarto com cama de casal, mas receberam um com duas camas de solteiro. 

Os dois solicitaram a troca, mas o hotel recusou. A troca só foi feita depois que os hóspedes ameaçaram chamar a polícia, segundo a denúncia. 

Pedro Figueiredo foi ao Twitter falando da “homofobia de cada dia” ao citar o hotel. “A homofobia de cada no dia aconteceu também no @IBEROSTAR Praia do Forte. Reservamos um quarto de casal e nos deram um com duas camas de solteiro. Só aceitaram trocar nosso quarto depois que ameaçamos chamar a polícia”, escreveu.

Erick usou a mesma rede social para reforçar a denúncia. “Você sai de férias pra e relaxar mas é de homofobia logo depois do check in. Foi no @IBEROSTAR Praia do Forte. Reservamos um quarto de casal e nos deram um com duas camas de solteiro. Só aceitaram trocar nosso quarto depois que ameaçamos chamar a polícia”.

O Dois Terços busca contato com o Iberostar e vai atualizar essa notícia com o posicionamento do hotel (com informações do Jornal CORREIO).

Deixe seu comentário

Sem comentários, seja o primeiro.