CARU vem direto da Bahia, para mostrar seu som INDIOFUTURISMO no Rio de Janeiro

Música, No Circuito
9 de novembro de 2016
por Genilson Coutinho

Foto: Mila Cordeiro

CARU, baiana, 26 anos, arquiteta e cantora, vem agora para o Rio de Janeiro, mostrar seu trabalho, INDIOFUTURISMO. Dias 09 de novembro no Castelinho do Flamengo e dia 16 de novembro no Beco das Garrafas, em Copacabana. Escute e veja agora seu Clipe – Desapareça

INDIOFUTURISMO

Ele nasce através do desejo de unir a energia de seus antepassados com a sua incessante produção poética e musical atuais. Com personalidade foi mesclando elementos eletrônicos e de certa forma perturbadores com sons extraídos da floresta e de seu âmago, criando um ambiente psicodélico para soltar seu canto de pássaro multicolor. O paralelo traçado entre o primitivo e o futurismo é a mola mestra dessa cantora submersa em ambiência e elementos sensoriais, que usa a voz como mantra, voz como rito, voz como grito. As samambaias flutuam no ar, a natureza está no peito e no chão. A sua ALMA é a sua FLORESTA.

 História

CARU desde a infância sempre esteve ligada ao mundo da música. Mesmo formada como Arquiteta e Urbanista decidiu trilhar seu caminho poético e musical. Com bisavô e tios maestros, como Fernando Santos, professor de percussão da UFBA, cantarolava desde criança nos jardins cheios de axé em sua casa com muita propriedade e referência.

Após sua forte experiência de pós-morte com apenas 17 anos, muda bruscamente o seu olhar, crenças e suas escolhas. Sua alma começa a apontar para um caminho mais coletivo e segue a estrada longa do seu autoconhecimento. Reconhece-se, sente o vento bater mais firme e enxerga o mar de outra cor. Mergulha em teorias e práticas da neurociência e meditativas para se redescobrir dentro de sua mesma vida.

Sem nenhum acompanhamento técnico vocal, começa a desenhar sua carreira na música aos 22 anos de idade, transformando seus muitos escritos no primeiro EP autoral “a TERRA e o TEMPO” no ano de 2015. Na semana de seu lançamento foi apontado como destaque no Deezer, Spotify e iTunes. Também fora escolhido por voto popular, como um dos 5 melhores discos baianos lançados naquele ano. Logo em 2016 acontece o Festival da Canção, em São Paulo, onde foi defender na semifinal a canção “Luz”, a primeira faixa do seu EP. A produção de CARU está a todo vapor, com sua equipe em estúdio na pré-produção do seu próximo disco que será gravado e produzido no Rio de Janeiro e em Salvador. Seu mais novo Clipe – Desapareça

FICHA TÉCNICA

CARU – canta

Beto Marcio – Violão

Pedro Malcher – Teclado e programação

Produção: Luciana Duque

 

SERVIÇO

Castelinho do Flamengo – 09 de novembro as 19 horas

Garagem do Castelinho

Praia do Flamengo 158 – Flamengo

Tel: 21.2205-0655

Entrada Franca

BECO DAS GARRAFAS – 16 de novembro as 21 horas

Rua Duvivier 37. Copacabana, 22020-020 Rio de Janeiro, Brazil

Tel.: 21.2543-2962

Preço: R$ 30,00 (somente dinheiro)