Carlinhos Brown celebra 10ª edição da Enxaguada du Bonfim

Música, No Circuito
4 de janeiro de 2017
por Genilson Coutinho

Enxaguada du Bonfim é realizado no Museu du Ritmo, em Salvador (Foto: Imas Pereira/Divulgação)

Quinta-feira, 12 de janeiro, é dia de homenagear o Senhor do Bonfim! E como parte das comemorações, o cantor e compositor Carlinhos Brown realiza a 10a edição da Enxaguada du Bonfim, no Museu du Ritmo, a partir das 14h, com as participações de Diogo Nogueira, Jorge Aragão, Mariene de Castro, Nelson Rufino e banda Mukindala. A festa, que conta com os patrocínios da Vivo, da Schin e do Governo da Bahia, por meio do FazCultura, já está com os ingressos esgotados.

No ano em que a Enxaguada du Bonfim celebra a sua primeira década, o anfitrião da festa segue reverenciando o samba ao lado de grandes artistas que representam o ritmo, mas também abre espaço para a banda Mukindala – sua mais nova criação – mostrar a sua mistura rítmica com foco no parambandam, estilo dançante filiado ao merengue. O novo grupo percussivo traz em sua formação oito músicos e dois vocalistas: Paula Sanffer, ex-TheVoice Brasil, e Rafa Chagas. Na linha de frente, o músico Gato Preto soma-se a eles com seu instrumento original, a guitarra percussiva ou guitarra de tambor.

O encontro entre o samba e o parambandam, no entanto, antecede a Enxaguada du Bonfim. A combinação, inclusive, serviu de inspiração para a idealização da Mukindala. “O samba é um catalizador de outras rítmicas. Ele ganhou coro no Brasil, se espalhou pelo mundo inteiro e possibilitou outras linguagens. Uma delas é o merengue que, na minha infância no Candeal, nós chamávamos de parambandam”, realça Brown. Na sonoridade da Mukindala, estão as típicas sanfona e tambora do merengue, somando-se a elas as batidas dos timbaus e elementos da bateria. Num hipotético resumo sensorial da banda, a Mukindala é um convite instintivo à dança.

Com direção artística assinada por Elísio Lopes Jr., a Enxaguada du Bonfim abre a temporada de verão do Cacique do Candeal no Museu du Ritmo, onde o artista ainda vai realizar duas edições do Sarau do Brown (22/1 e 19/2) até o Carnaval. Para este primeiro encontro, o músico promete um espetáculo tão divertido quanto poético, próprio das suas apresentações; com um repertório que passeia por sucessos como “Ashansú”, “Vc, o amor e eu”, “Te amo família” e “Tantinho”, além da aposta do artista para a estação mais efervescente do ano, “Pra Vizinho Olhar”, composição dele para o seu último álbum “Artefireaccua – Incinerando o Inferno”.​

Já os artistas convidados prometem trazer ao palco da Enxaguada toda a vibração peculiar a um encontro entre grandes nomes do samba brasileiro. É o que se pode esperar quando, numa única festa, estão artistas dos mais expressivos da nova geração do gênero musical, como Diogo Nogueira e Mariene de Castro, e outros que são grandes responsáveis pela grandiosidade da obra que representa o samba no Brasil, como Jorge Aragão e Nelson Rufino. A ordem é “enxaguar” a alma e se deixar levar pela dança!

SERVIÇO:

O quê: Enxaguada du Bonfim

Atrações: Carlinhos Brown, Diogo Nogueira, Jorge Aragão, Mariene de Castro, Nelson Rufino e Mukindala.

Local: Museu du Ritimo

Data: 12 de janeiro (quinta-feira)

Horário: 14h

Ingressos: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia) | ESGOTADOS

*Troca dos ingressos pelas camisas nos dias 10 e 11 de janeiro, das 10h às 17h, e no dia da festa, das 10h às 14h, no Museu du Ritmo.

Mais informações: (71) 3113-1504