Cantor baiano lança versão em português da música “Do It”, das cantoras Chloe e Halle

Música, No Circuito
31 de julho de 2020
por Genilson Coutinho

Fotógrafa: @Yezir

Sem shows e apresentações, o cantor, compositor e performer baiano WARI, busca fazer da pandemia momento de estímulo à criatividade e à produção. O artista, que iria estrear um novo EP e teve os planos frustrados por conta da pandemia, acaba de lançar sua nova faixa, “NUDE”. A música é uma versão em português de “Do It”, das cantoras americanas Chloe e Halle. WARI a escreveu em um processo criativo durante o distanciamento social exigido pela pandemia do novo coronavírus.

“Foi tudo muito rápido. A inspiração veio do que se tornou nosso dia a dia. Estamos em quarentena, impossibilitados de sair, fazer contato, a única coisa que nos resta é conversas e, no máximo, algumas trocas de nudes. Essa tem sido a única forma de se relacionar para muita gente na pandemia e acabou servindo como minha inspiração. Mas serve também para enviar para o crush e alimentar a relação”, brinca WARI.

A faixa foi escrita em menos de seis horas e, no dia seguinte, a primeira demo já estava produzida. Respeitando as medidas de combate ao novo coronavírus, a elaboração de todo o projeto aconteceu através de reuniões online da equipe e durou cerca de 25 dias. Encontros presenciais aconteceram apenas para a gravação dos vocais, entre WARI e o também cantor baiano Rodrigo Ruchell.

“Acredito que vamos ter muita coisa boa no nosso cenário musical após a pandemia, fruto desse período de distanciamento. Porque é um momento não só se reconectar com sua essência, mas também de ruptura, de mudanças de comportamento, isso sempre traz consigo reinvenção e criatividade”, explica.

Quem é Wari?

Com 23 anos, o cantor, compositor e performer, Wari começou sua a carreira em 2016, ainda com seu nome de batismo, Ariel. Desde o início, lançou músicas de cunho social, voltadas para o público LGBTQIA+, como “Macho Alfa”.

No seu rol de composições, músicas conhecidas nacionalmente na cena. Sua primeira música a alcançar sucesso foi interpretada pela famosa drag baiana Ninha Problemática, “No Paredão”, que já conta com mais de 90 mil visualizações no YouTube. Logo na sequência, Nininha deu voz a letra de “Favelada”, também de Wari, que já soma mais de 340 mil visualizações.

Quem também deu voz as composições do artista foi a funkeira Pepita, no trecho cantado da música “Quem Manda”. Como muitos outros artistas LGBTQIA+, Wari continua sem apoio ou produtora, apesar do sucesso de suas composições.

Deixe seu comentário

Sem comentários, seja o primeiro.