Campanha Respeita as Mina LBT será lançada no sábado (9), em Salvador

Comportamento, Social
8 de setembro de 2017
por Genilson Coutinho
A União Nacional LGBT (UNA LGBT) lançará sábado, em parceria com a Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres (SPM-BA) a campanha Respeita as Mina LBT, no Museu de Arte da Bahia (MAB), às 9h. A campanha é uma extensão da “Respeita as Mina”, lançada pelo governo do estado no Carnaval e que se tornou permanente. A iniciativa tem como objetivo sensibilizar a população para a importância do enfrentamento à violência contra as mulheres, incluindo a violência contra as lésbicas, bissexuais e transexuais.
A cantora Marcia Castro participará do lançamento da campanha, sugerida pela União Nacional LGBT e abraçada, de imediato, pela SPM-BA diante do alto índice de violência contra a comunidade LBT. No ano passado foram registrados 343 assassinatos de pessoas LGBT no Brasil, uma morte a cada 25 horas e até o começo de julho 117 pessoas tinham sido assassinadas, de acordo com informações da UNA-LGBT.
Segundo a Liga Brasileira de Lésbicas (LBT) 6% dos casos registrados no Disque 100 (Disque Direitos Humanos) são de lésbicas violentadas como forma de punição ou tentativa de mudança da orientação sexual, o chamado “estupro corretivo”. A Associação Nacional de Travestis (ANTRA) diz que a expectativa de vida de um travesti no Brasil é de apenas 35 anos, menos da metade da média da população brasileira. Ainda segundo a ANTRA, o país ocupa o primeiro lugar em crimes de transfobia no mundo.