Campanha de prevenção às DST/aids durante a Copa do Mundo será lançada em Salvador

A campanha “Proteja o Gol”, que tem por objetivo promover ações de prevenção às DST/aids durante a Copa do Mundo de futebol em 2014, começará a ser promovida já a partir do final do ano em Salvador. A decisão foi tomada durante a visita no Brasil do assessor sênior do Programa Conjunto das Nações Unidas para o HIV/Aids (Unaids), Djibril Diallo, que deixou o País nessa quarta-feira, 07 de agosto.

A campanha será executada no Brasil durante a Copa do Mundo nas 12 cidades-sede. Mas o lançamento começará no dia 4 de dezembro na capital baiana e contará com a representação das Confederações Regionais de Futebol durante o sorteio dos grupos de países, informa o Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde.

A pasta recebeu Djibril nessa quarta-feira em Brasília. “Nossa proposta é transformar em zero a transmissão e a discriminação relacionado ao HIV. E unificar o nosso trabalho ao desenvolvido pelo Ministério da Saúde do Brasil”, disse o representante do Unaids.

O projeto idealizado pelo Unaids já foi realizado com êxito no campeonato Sub-17 da Confederação de Futebol da América do Norte, América Central e Caribe (CONCACAF), além de parceria com a Conmenbol em vários campeonatos regionais.

Durante os jogos da Copa, o Unaids, os jogadores e demais parceiros enviarão mensagens sobre prevenção do HIV. Acredita-se que o apelo feito pelos jogadores em suas mensagens alcançarão os jovens e os fãs do futebol, incentivarão a consciência da população sobre o HIV.

O Brasil colocará em prática a oferta da testagem rápida durante o evento por meio de unidades móveis e estabelecerá parcerias para a mobilização da população no âmbito da campanha.

“Queremos potencializar o trabalho de combate ao HIV. A parceria com este projeto do Unaids será essencial para que possamos falar com jovens sobre a importância da prevenção, uma vez que queremos conscientizá-los sobre a importância do diagnóstico”, explica o diretor do Departamento, Fábio Mesquita.

Na segunda-feira, o prefeito de Salvador, Antonio Carlos Magalhães Neto, recebeu Djibril e assinou o acordo que declarou a cidade como sede de lançamento da campanha.

Acompanharam também os eventos de Djibril no Brasil, entre outros, o diretor regional do Unaids na América Latina, César A. Núñez; a atual responsável pelo Unaids no Brasil, Adele Benzaken; e o gestor do Escritório Municipal da Copa do Mundo da FIFA de 2014 (ECOPA), Isaac Edington.

Da  Agência de Notícias da Aids

Share

Deixe um comentário