Notícias

Câmara Municipal de Salvador discute Visibilidade Trans em audiência pública

Genilson Coutinho,
13/09/2021 | 13h09

Violência, crueldade e preconceito contra travestis e transexuais é uma realidade no país que mais mata, em números absolutos, pessoas trans em todo o mundo. A negação e a falta de respeito com a forma de existir e de se relacionar do outro, são as principais motivações para milhares de assassinatos em todo o Brasil. 
Com o objetivo de dar visibilidade e importância à pauta trans, o vereador Sílvio Humberto (PSB), promove através da Comissão de Reparação, uma audiência pública na Câmara Municipal, na próxima quarta-feira(15), às 10h, para discutir meios e condições para criação de políticas públicas de inserção e proteção de pessoas trans.
Segundo relatório anual da Associação Nacional de Travestis e Transexuais do Brasil (Antra), o Brasil teve 175 assassinatos de pessoas transexuais em 2020. Os assustadores números apontam a média de uma morte a cada 2 dias de mulheres trans/travestis.  O recorte social também chama atenção, pois em sua maioria as vítimas eram negras, pobres e trabalhavam como profissionais do sexo por falta de acolhimento no mercado de trabalho.
“É inaceitável que, ainda hoje, pessoas sejam mortas pelo simples fato de serem quem são. A liberdade e segurança não podem ser uma exceção, e sim um direito pleno de todes, logo, o diálogo, a escuta e o entendimento de quem passa por essa realidade é de fundamental importância para a criação de políticas que promovam respeito e garantia de direitos”, pontua o edil. 
O encontro vai contar com a presença de Millena Passos, mulher trans, servidora pública e coordenadora do Grupo Gay da Bahia (GGB); Thiffany Odara, mulher negra trans’feminista, Yalorixá, pedagoga, escritora social e redutora de danos; João Hugo, homem trans-ativista e comunicador social, e Yuna Vitória, mulher trans, estudante de direito e cantora.
A audiência será transmitida pela TV aberta (Canal 12.3), na rádio Cam (105.3 FM) e no site www.cms.ba.gov.br. A participação do público será através da rede social facebook.com/@tveradiocam e facebook.com/@professorsilviohumberto.