BTCA oferece aulas gratuitas de balé clássico, danças afro-brasileiras e pilates

No Circuito, Teatro
9 de abril de 2019
por Genilson Coutinho

BTCA oferece aulas gratuitas de danças afro-brasileiras, balé clássico e pilates – Foto: Fernando Vivas / GOVBA

Os apaixonados pela dança terão oportunidade de praticar a atividade de forma gratuita e ao lado de bailarinos de talento reconhecido dentro e fora do Brasil. A iniciativa é do Balé Teatro Castro Alves (BTCA), que realiza uma série de aulas abertas ao público para marcar as celebrações pelo Mês Internacional da Dança. Até o fim de abril, os interessados podem escolher entre balé clássico, danças afro-brasileiras e pilates.
As inscrições devem ser feitas na Sala de Ensaio do TCA, sendo necessário ter conhecimento intermediário ou avançado em dança, como explica a assessora artística do BTCA, Dina Tourinho. “Todas as aulas começam às 13h15. A gente orienta que as pessoas cheguem com pelo menos uma hora de antecedência para realizar a inscrição. Além disso, é importante esse conhecimento prévio de dança para evitar até mesmo uma possível lesão durante a aula”.
Na tarde desta terça-feira (9), o professor Gilmar Sampaio ministrou a primeira aula de balé clássico da série. Segundo ele, as aulas são consideradas de manutenção para os integrantes do BTCA. “Nós trabalhamos a postura, saltos e giros, por exemplo. A gente considera uma aula mais puxada porque está na rotina da companhia e as pessoas da comunidade têm a oportunidade de fazer a aula com esses bailarinos profissionais”, destaca.
A bailarina mineira Daiana Brito mora em Salvador há quatro meses e aproveita as aulas abertas do BTCA para estar próxima aos profissionais de dança que admira. “Eu acho fundamental que se tenha essa proposta de aulas porque cria um espaço de acesso. É muito bacana estar num espaço que muita gente acredita ser inacessível. Poder conviver com a companhia e ver os corpos baianos se movendo, com certeza, traz propostas diferentes para nós que vivemos a dança”, afirma.
As aulas de danças afro-brasileiras estão marcadas para os dias 12 e 26 de abril, enquanto as de balé clássico ocorrem nos dias 11, 16 e 18 de abril. Já as aulas de pilates estão previstas para 15, 17, 22 e 29 de abril. Considerado a companhia pública de dança da Bahia, o BTCA foi fundado em 1981 e acumula mais de 70 montagens. O grupo é mantido por meio da Fundação Cultural da Bahia (Funceb), vinculada à Secretaria de Cultura do Estado (Secult),