Brutalidade: Mãe mata filho de 4 anos por achar que ele era gay

Sem categoria
31 de março de 2014
por Genilson Coutinho

Uma americana do Estado de Oregon, mãe de três crianças é acusada de ter matado um dos seus próprios filhos, de apenas quatro anos. A motivação do crime seria o comportamento diferente do menino, o que indicava que a criança poderia gay.

De acordo com comentários da própria mãe no seu perfil do Facebook que foram anexados ao processo que corre na Justiça dos EUA, Jessica Dutro escreveu ao namorado, Brian Canady, que ela pensou que seu filho Zachary era gay, porque “ele anda e fala como um… Argh!”. Ela, então, sugere que o namorado faça um “trabalho” com o garoto.

Em matéria do jornal “The Oregonian” relata que o menino chegou ao hospital com traumas no abdômen. Zachary foi colocado em aparelho de respiração artificial, mas morreu dois dias depois.

Um dos irmãos do pequeno Zachary, de oito anos, testemunhou contra a mãe no tribunal esta semana. No ano passado, sobre a agressão ao irmão, ele disse aos policias que “Jessica e Brian continuaram a lhe bater e socá-lo… Ele não deu ouvidos a eles, então eles o chutaram e o socaram e outras coisas e eles continuaram a fazê-lo e fazê-lo”.

Jessica é acusada de homicídio, homicídio por abuso e agressão em segundo grau. Ela culpa o namorado pelos crimes. Canady se declarou culpado no início do mês de homicídio em primeiro grau e agressão em segundo grau. Sob seu acordo judicial, a acusação de assassinato foi abandonada. Ele agora está testemunhando contra Jessica.