Ballet Nacional de Cuba em Salvador

Sem categoria
25 de julho de 2011
por Genilson Coutinho

Secretário de Cultura Albino Rubim e Eduardo Blanco coreógrafo cubano

O fim de semana foi de dança no palco do Teatro Castro Alves e para o público baiano  que foi conferir as performances dos 44 membros da tradicional Companhia de  Ballet Nacional de Cuba. Eles trouxeram para os soteropolitanos as múltiplas faces dos aspectos da cultura Guarani, resultado do trabalho de pesquisa do coreógrafo cubano Eduardo Blanco. Essa pesquisa aconteceu durante as suas viagens, em 2009, para Foz do Iguaçu, Paraguai e Argentina que serviram de base para a construção do espetáculo.

O espetáculo “A Lenda da Água Grande” é baseado no mito indígena que explica o surgimento das Cataratas do Iguaçu, um conjunto de mais de 200 quedas d´água localizadas entre as cidades de Foz do Iguaçu, no Paraná, e Misiones, na Argentina, além da  história de um amor impossível entre o guerreiro Tarobá e a bela Naipí, que está predestinada a ser uma oferenda viva para a serpente Mboi Tu’i. Tudo isso ao som da belíssima trilha sonora assinada por Miguel Núñez, casando perfeitamente com as idéias do coreógrafo.

 

A vinda deste espetáculo para capital baiana foi possível graças ao apoio financeiro da Lei Rouanet, permitindo que as entradas fossem gratuitas ou vendidas a preços populares, porém a atuação de cambistas que tomou conta dos convites distribuídos gratuitamente pelo TCA prejudicou as apresentações em Salvador.

Foto: Genilson Coutinho