Balé do Castro Alves vai ocupar casarão de 100 ano na Graça

No Circuito, Teatro
11 de agosto de 2015
por Genilson Coutinho

fez

Construído em 1912 pelo comendador Bernardo Martins Catharino, projetado pelo arquiteto italiano Baptista Rossi e tombado como Patrimônio Cultural da Bahia em 1986, o famoso palacete do bairro da Graça que tem nome do seu proprietário, em Salvador, será ocupado pelo Balé do Teatro Castro Alves (BTCA). “Estamos realizando visitas ao imóvel; a ideia é usar performances artísticas dos bailarinos em pontos desse precioso espaço”, informa o diretor do BTCA, Antrifo Sanches.

Antes conhecido como ‘Villa Catharino’ o casarão secular funciona hoje no complexo arquitetônico-cultural do Palacete das Artes, unidade do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC) da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), que administra museus estaduais. “O projeto desse imóvel foi arrojado para época, idealizado por Rossi Baptista e decorado por Oreste Sercelli, num período em que a Graça ainda tinha estradas de terra, matas, fazendas de gado e lavouras”, explica o diretor geral do IPAC, João Carlos de Oliveira.