Bairro da Ribeira será invadido pela arte

Sem categoria
7 de abril de 2011
por Genilson Coutinho

A Praça da Ribeira vai se transformar num circo a céu aberto a partir das 19 horas desta sexta, dia 08, quando músicos, mímicos, acrobatas, marionetes, palhaços, artistas plásticos e muito mais artistas de dez países diferentes promovem shows gratuitos. É que está para começar o Festival Internacional de Artistas de Rua, queque, na sua sétima edição, será realizado na região itapagipana até o domingo, 10, seguindo em caravana para Sobradinho, com apresentações no dia 12, e Paulo Afonso, onde fica durante os dias 14, 15 e 16.

No sábado, dia 10, o show também começa a partir das 19 horas, e domingo, a partir das 17 horas.  “Eu vejo o festival mais como uma experiência completa, um pouco parecida com a do circo, onde as pessoas vão para assistir ao espetáculo como um todo e não somente para assistir ao show do palhaço ou a apresentação do malabarista”, explicou Bernard M. Snyder, diretor artístico do festival. A Banda Limousine encerra o evento na noite de domingo.

Em Paulo Afonso, acontecerão apresentações especiais com grupos de artistas em cinco escolas da cidade e uma no povoado indígena de Juá. No dia 14, os artistas transformam em palco o bairro de Tancredo Neves. Foi incluída na programação do festival a Orquestra Municipal de Paulo Afonso, formada por crianças, e uma peça de teatro de rua da Associação Pauloafonsina de Dança e Teatro. Em Sobradinho, as apresentações acontecem na Praça do Trabalhador.

O sétimo festival é dedicado à memória do músico, compositor e produtor “argentino-baiano”, Ramiro Musotto. O evento é uma realização da Selma Santos Produções e Eventos, com direção geral de Selma Santos e direção artística do alemão Bernard M. Snyder, também conhecido como “homem-banda”. Quem patrocina o evento, que conta com o apoio do Governo do Estado, através do FazCultura, é a Chesf – Companhia Hidroelétrica de São Francisco.

Relação com o meio ambiente – Este ano, um dos focos principais do evento é a limpeza urbana e a reciclagem do lixo. Por conta disso, vão ser realizadas oficinas de reciclagem durante todo o evento de rua. Para tanto, a organização do festival está contando com a colaboração da Associação Beneficente e Democrática de Alagados e Itapagipe (ABDAI), da CAMAPET (ong de catadores de lixo da região) e do poder público.

“Ruas limpas estimulam o espírito criativo dos artistas e facilitam a apreciação  dos espetáculos pelo público”, salienta Selma Santos, diretora geral do evento. Material reciclado será utilizado por moradores da Península de Itapagipe, sob a orientação de artistas.O resultado das oficinas, realizadas ao longo do Festival, será apresentado durante todos os dias. A ação é a contrapartida social encontrada pela organização do evento, em parceria com entidades ambientais, para favorecer os 175 mil moradores da região, carentes de ações culturais na área.

PROGRAMAÇÃO

Aly Keita (Mali) – música / balafone

Conhecido internacionalmente como ‘mago do balafone’, Aly Keita já ganhou muitos prêmios de world music, tocou com grandes nomes do jazz, fez shows no mundo inteiro, e adora apresentar-se na rua.Dias 08, 09 e 10

Anita Bertolami (Suiça) – fantoches

Os protagonistas das performances de Anita Bertolami são as próprias mãos e objetos comuns de cozinha que viram personagens. Um espetáculo emocionante para adultos e crianças. Dias 08, 09, 10, 12, 14, 15 e 16

Bernard M. Snyder (Alemanha) – música / homem banda

Conhecido como homem banda, bateria nas costas,violão na frente, a gaita alternada com a sua voz, Bernard é também o diretor artístico do Festival de Rua. Dias 09, 10, 12, 14 e 16

Circo Rebote (Brasil/Chile) – circo / trapézio

Erika Mesquita e Atawallpa Coello apresentam o espetáculo ¨Tome sua Poltrona¨. Excelentes acrobatas, eles mostram técnicas de circo com maestria, comicidade e muito charme. Dias 09 e 10

Clara Trigo (Brasil) – dança

Clara Trigo apresenta dois espetáculos diferentes. Em Salvador ela mostrará o seu trabalho lindo e emocionante de dança flamenco. Nas cidades de Sobradinho e Paulo Afonso, Clara apresentará, juntamente com Catarina Gramacho, a peça de dança contemporânea ‘Cena Tão Longe, Tão Perto’, que acontece por dentro de uma caixa de madeira. Dias 12, 14, 15 e 16.

Dan Le Man (Austrália) – clown

Da Austrália se mudou para a Áustria, atualmente vive na Estônia e a personagem do espetáculo dele é francês… Dan Le Man é um palhaço sem fronteiras. Dias 08. 09, 10, 12, 14, 15 e 16

Estee Taylor (Canadá) – marionetes

As marionetes de Estee parecem com seres humanos pequenos que tocam piano, cantam e brincam com a plateia, até o show acabar, quando eles voltam a ¨dormir¨, até a próxima performance.Dias 08, 09, 10, 12, 14, 15 e 16

Grupo Barlavento (Brasil) – música / samba de roda

Com as raízes no Recôncavo Baiano, este grupo, liderado por Davizinho de Mutá e Hamilton Reis, já viajou por muitos países espalhando os ritmos e a musicalidade da terra da alegria. Dias 09 e 10

Jackson Costa – (Brasil) – ator, poeta

O ator Jackson Costa, consagrado nos palcos teatrais, no cinema e na TV, desenvolve um trabalho paralelo com a poesia, recitando grandes nomes das nossas letras como Castro Alves, que gravou no Cd “A Coisa”. No festival ele declamará poesias para o público. Dia 10

Jenny Thiele 2.0 (Alemanha) – música / canções de autoria

Com uma voz que deixa o público boquiaberto, Jenny propõe músicas de própria autoria tocando ela mesma o piano. No Festival de Rua Jenny Thiele se apresenta com o percussionista Julius Oppermann. Dias 08, 09, 10, 12, 14, 15 e 16

Marco Cardona (Itália) – faquir

Pode o homem caminhar sobre montes de vidro quebrado, cuspir fogo, engolir espadas, e sobreviver a tudo isso sem nem uma ferida? Marco Cardona é a prova que pode. Dias 08, 09, 10, 12, 14, 15 e 16

Mariene de Castro (Brasil) – musica / samba de raíz

Hoje em dia, Mariene de Castro é uma das cantoras mais apreciadas da Bahia. Com a sua voz linda e forte e sua presença magnética, ela já participou do Festival de Rua nos anos 2003 e 2004, logo no início de sua carreira.  Dia 09

Maurício Oliveira (Brasil) – ator cômico

Os seus truques de magia nunca dão certo, mas a personagem deste ator cômico ganha os corações do público. Conhecido como Mago Mustafá ele é o rei das risadas. Dias 08, 09, 10, 12 e 14

Sean Rooney (Canadá) – balões

Sean ganhou fama internacional como gênio da sua arte. Com os balões de látex, ele cria esculturas pequenas e grandes, desfiles de roupas; ele também faz performances extremamente divertidas. Dias 08, 09, 10, 12, 14, 15 e 16

Shiva Grings (Irlanda) – mímico

Quando Shiva Grings faz o seu show, improvisando e brincando com o público, ninguém está seguro, sobretudo quem passa na praça inocentemente sem  perceber que atrás de si está caminhando este mímico simpático, provocando risadas sem fim.  Dias 08, 09, 10, 12, 14, 15 e 16

Sista K (Brasil) – grafiti

Kátia Milena, grafiteira conhecida pelo nome de arte ‘Sista K’, cresceu em Cajazeiras, Salvador. Atualmente ela participa de um projeto da prefeitura de Salvador chamado SalvadorGraffita e através do mesmo viajou para um intercâmbio cultural com artistas da Itália. Dias 08, 09 e 10

Tanga Elektra (Alemanha) – música / new soul

Com o seu violino, usando efeitos eletrônicos e loop station, Dayve Engler cria os sons de contrabaixo e de guitarra, indo além das tonalidades próprias do instrumento. Dayve é o cantor principal do grupo e seu irmão Elias o acompanha na percussão, fazendo de ¨bumbo¨ a caixa de um violão…. Dias 08, 09, 10, 12, 14, 15 e 16

Tanmilonguero (Argentina) – música e dança

Tango. Emoção. Paixão. Juan Iriarte e Florencia Albano de Rosário, Argentina, apresentam músicas tradicionais dos anos quarenta, tocando bandoneon, cantando e bailando. Dias 08, 09, 10, 12, 14, 15 e 16

Tova Snyder (Estados Unidos) – artes plásticas

Tova Snyder, muralista e pintora de Nova Iorque, cria obras de arte nos rostos e corpos das pessoas, amplificando a beleza e os particularidades visuais de crianças e adultos. Dias 08, 09, 10, 12, 14, 15 e 16

William Rodrigues (Brasil) – multi-instrumentista

Além de cantar, William toca ao mesmo tempo bateria, violão e instrumentos variados. O suingue e a maestria dele o levaram à tv nacional e à festivais internacionais. William é o inventor dos próprios instrumentos de sopro e de percussão. Dias 08, 09, 10, 12, 14, 15 e 16

 

SERVIÇO

O Quê: 7° Festival Internacional de Artistas de Rua

Onde e quando: Em Salvador, dias 08, 09 e 10 de abril; em Sobradinho, dia 12, e em Paulo Afonso , dias 14, 15 e 16.

 

INFORMAÇÕES

Confira o site do Festivalwww.festivalderua.com