Aventura infantojuvenil com adolescente gay com superpoderes chega às livrarias para falar sobre diversidade

Comportamento, Social
1 de setembro de 2016
por Genilson Coutinho

Custeado por um site de financiamento coletivo, obra estimula o debate sobre diversidade e traz entre seus protagonistas um adolescente gay e uma garota negra

Chegou às livrarias do Brasil e de Portugal As Crônicas de Miramar: O Segredo do Camafeu de Prata, o primeiro livro dos autores brasileiros Flávio St Jayme e Wemerson Damasio, inspirada nas maiores histórias de superpoderes publicadas mundialmente.

Nessa história, o leitor vai conhecer  Liz, Dan, Isaac, Sara  e Gabriel: cinco adolescentes com habilidades especiais que vão parar num lugar chamado Miramar, onde terão que lutar contra poderes e pessoas desconhecidas enquanto aprendem a lidar com as próprias habilidades e com os conflitos típicos da idade para descobrir os segredos e mistérios do lugar.

As Crônicas de Miramar: O Segredo do Camafeu de Prata foi lançado simultaneamente no Brasil e em Portugal pela Chiado Editora, e foi todo custeado em um projeto de financiamento coletivo pelo site Catarse, onde obteve mais do que o valor necessário para a publicação. Os autores estiveram presentes na 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, realizando o lançamento nacional da obra.

Os autores contam que uma das maiores dificuldades em se lançar o livro foi encontrar uma editora: “As editoras brasileiras sequer responderam nossos contatos, não se deram ao trabalho nem de receber o original para análise”, comenta Wemerson. Flávio não esconde o descontentamento com esta atitude: “Preenchem as prateleiras com genéricos de autores norteamericanos mas não prestam atenção em novos autores locais. Se importam com o dinheiro que os livros podem trazer mas nem analisam se um novo autor pode dar ou não retorno financeiro”. Diante disso, a escolha da Chiado Editora, que tem grande atuação em Portugal e chega agora ao Brasil foi relativamente importante: “Já que as editoras nacionais como Rocco, Intrínseca, Arqueiro ou Darkside Books não valorizam novos autores locais, vamos partir pra tática de primeiro aparecer fora do país e quem sabe então ficar conhecido aqui”, diz Flávio.

Inspirados em filmes, séries e revistas em quadrinhos (como Harry Potter, Percy Jackson e Conta Comigo), os personagens da história possuem características, poderes e conflitos próprios (alguns envolvendo preconceitos e racismo) e, enquanto se adaptam à nova realidade daquele lugar estranho, conhecem uns aos outros e descobrem amizades e inimizades.

Um dos personagens de As Crônicas de Miramar é Isaac: um adolescente gay assumido que precisa aprender a lidar com o preconceito de outros jovens além de viver com um superpoder. “O Isaac é um adolescente como qualquer outro, antenado e conectado ao mundo pop, e tem os conflitos próprios da idade. Mas o fato dele ter um superpoder e ser gay o coloca diante de várias questões durante a história.”, diz Wemerson. E Flávio complementa: “Não usamos os poderes como metáfora para a homofobia, como em histórias conhecidas como X-Men, mas tratamos do preconceito contra o gay junto com o preconceito contra os poderes. Uma coisa pode andar junto com a outra sem excluí-la. E Isaac acaba sofrendo das duas discriminações, o que torna as coisas um pouco mais difíceis pra ele.”.

Com forte presença nas redes sociais (o livro já possui página oficial no Facebook, perfil no Instagram e até um booktrailer feito por fãs e muitas referências pop, As Crônicas de Miramar: O Segredo do Camafeu de Prata é o primeiro volume de uma trilogia que chega às livrarias e lojas virtuais do Brasil e de Portugal pelas mãos de uma das editoras mais tradicionais da Europa.

Hoje o livro já possui mais de dez resenhas em sites especializados, que destacaram a obra como “envolvente” e “original”, chegando a compará-la com os livros da Coleção Vagalume e dando nota máxima. Nenhuma resenha foi negativa.

Sobre os autores:

Flávio St Jayme

Formado em Pedagogia e com especialização em História da Arte. Natural de Curitiba, Paraná, onde reside atualmente.  Jornalista por experiência e crítico de cinema, é fã de super-heróis, literatura e cultura pop.

Wemerson Damasio

Natural de Maringá, Paraná, é professor de crianças e adolescentes. Atualmente reside em Curitiba, também no Paraná. Fã de literatura, em especial: a fantástica, a de suspense e de terror.

 

 

  • Renato

    O livro é ótimo eu já li e recomendo.