Atores transformistas receberam homenagens na Câmara Municipal de Salvador

Sem categoria
7 de novembro de 2011
por Genilson Coutinho

A noite desta sexta-feira (4) foi de homenagens e reflexões durante a primeira edição do  Troféu Transform’Star,  O evento ocorreu no Espaço Cultural da Câmara de vereadores de Salvador com a presença de um super elenco formado  pelos atores transformistas baianos que atenderam ao chamado  para receberem as premiações pelo reconhecimento de seus trabalhos em nome da arte.

Além de shows e emoções, a noite também foi marcada pelo protesto dos homenageados diante dos cachês que eles recebem nas casas de shows de Salvador, que na maioria dos casos não chega a R$ 50,00, valor insuficiente para arcar com as despesas e locomoção do artistas.

Outra questão que mexeu com a platéia e com a comunidade de artistas é a falta de respeito dos empresários  dessas casas gays da cidade,  que na sua maioria não oferecem nenhuma estrutura para estes profissionais. Segundo Fernando Berm, tem casa que o artista recebe apenas uma garrafa de água.  “Já presenciei casos horríveis nos camarins, como aconteceu com uma colega de trabalho. Ela tinha recebido uma ficha da água, porém no meio da maquiagem ela solicitou outra água  e foi surpreendida com um copo de água de torneira com algumas pedras de gelo. Eles não nos respeitam, isso precisa ser denunciado, somos cidadãos” desabafou Fernando.

Dion e Baga também não se esqueceram dos tempos difíceis no inicio da carreira e mostraram que querem respeito e cachês digno, tudo pela  grandeza de seus trabalhos e principalmente o respeito pela sua profissão.

“Não saio da minha casa para fazer qualquer trabalho, pois vivo disso e preciso ganhar pelo meu trabalho. Às vezes recebo convites para paradas gays  e sou muito clara quanto ao valor do meu tempo de trabalho. Temos que nos valorizar”, desabafa Andre, despido da sua personagem.

Luiz Mott aproveitou  o momento para colocar a onda de violência e assassinatos de homossexuais na Bahia nos últimos meses, o  que coloca mais uma vez a Bahia como um dos estados onde se mata cada vez mais gays, e ressaltou a importância destas  homenagens para os transformistas  como uma maneira de fortalecer e valorizar esses rapazes que trazem para o palco a sua essência e talento para um publico que precisa entender essa arte.

A celebração continuou  com grandes shows e a entrega dos prêmios nos quesito de  melhor dublagem, figurino, maquiagem e melhor show, transformando o pequeno espaço em um templo de talento e emoção nas falas e trocas de carinho e respeito entre os presentes.

Veja as fotos aqui