Ator pornô comete suicídio por não poder se casar com seu companheiro

Sem categoria
15 de março de 2013
por Genilson Coutinho

Uma das estrelas do mundo pornô, com mais de 20 filmes na carreira com o selo da produtora Lucas Entertaiment, o astro pornô Wilfried Knight cometeu suicídio na última segunda-feira (11). A notícia da sua morte foi confirmada por seus amigos, os atores Matthew Rush e Chris Yosef. Ele estava de luto após o suicídio cometido por seu companheiro, Jerry Enriquez.

Dias antes de cometer suicídio, ele postou no seu blog alguns comentários sobre os motivos do suicídio em um longo texto. “Eu estava apaixonado, assim como meu parceiro. Ele me deixava ser quem eu queria ser. Ele não concordava com tudo o que eu era, mas ele deixava. Ele me deu os melhores nove anos da minha vida. E esse cara incrível cometeu suicídio por enforcamento na semana passada, depois de brigar muito para que nós pudéssemos ficar juntos”. Wilfried é francês e seu companheiro norte-americano. Eles se mudaram para o Canadá em 2011, depois que o visto do francês ter vencido, onde se casaram. Jerry arrumou um emprego, porém foi demitido e eles não conseguiram voltar aos EUA. O ator pornô dizia que este foi o motivo da morte de seu companheiro em fevereiro.

Já no seu Twitter, Wilfried postou que se não fosse “pela falta de uma lei federal sobre o casamento gay nos Estados Unidos, seu parceiro Jerry Enriquez ainda estaria vivo”. Gays não têm direito de se beneficiarem das leis federais de imigração do país, que permitem um cônjuge conceder sua cidadania ao parceiro estrangeiro, já que as leis de imigração são federais e o casamento gay onde já foi aprovado é estadual.