Ator global conta que no 1º encontro, esposa achou que ele fosse gay

Sem categoria
12 de julho de 2013
por Genilson Coutinho

Um gay muito bem-resolvido vem chamando a atenção do público nas noites de quinta-feira. Interpretado por Fábio Porchat, Júnior já ganhou um lugar cativo na vida da família Silva e ainda deve aprontar muita coisa em A Grande Família.

Muito à vontade com o personagem, Fábio Porchat revela o segredo para a classe e segurança que conseguiu imprimir em Júnior: o prazer. “É muito divertido fazer um gay, é libertador”, garante. Mas não é só isso. Casado há três anos, o ator revela que a própria esposa já pensou que ele fosse homossexual. “Eu confesso que, quando a gente se conheceu, ela achou que eu fosse gay. Mas isso até ajuda a pegar mulher”, brinca.

Sem medo de estereótipos, o humorista ainda explica sua porção feminina: “Eu sou muito emotivo, muito família, gosto de estar com as pessoas, de abraçar. Apesar de ser muito expansivo e derrubar a jarra de água, eu tenho cuidado para a jarra não molhar ninguém”.

No cinema, Porchat vai de Drag Queen a romance com Miá Mello

Enquanto isso, Fábio se diverte com inúmeros e variados personagens no cinema. No filme “O Concurso”, que estreia este mês, o ator interpreta um gaúcho que acaba se rendendo ao melhor do estilo Drag Queen. Em outubro, outra produção vai mostrar um Porchat mais romântico. Na comédia “Meu passado me condena”, ele vive história de amor com Miá Mello.

E já que o prazer do ator é se transformar, Fábio já está no lucro. “Esse ano eu estou bem. Já beijei homem, beijei mulher, a balança está bem equilibrada”, diverte-se. *Com informações da TV Globo.