Comportamento

Social

Ativista LGBT morre em acidente em estrada baiana

Redação,
16/02/2015 | 12h02

bia

Com imenso pesar a equipe do Instituto Patrícia Galvão notifica os falecimentos de Lurdinha Rodrigues, Rosângela Rigo e Célia Maria (a Celinha), em um trágico acidente de carro ocorrido no início da do último sábado  (14) no interior da Bahia.

Ativista feminista e LGBT de larga trajetória, Lurdinha atuou na Liga Brasileira de Lésbicas, e foi integrante do Conselho Nacional de Saúde e do Instituto Patrícia Galvão.

Rosângela e Lurdinha integravam também a equipe da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República: Rosângela como Secretária de Articulação Institucional e Ações Temáticas (SAIAT) e Lurdinha como Coordenadora-Geral da Diversidade.

Neste momento de profunda dor, manifestamos nossas condolências aos familiares e amigos e reiteramos que Lurdinha, Rosângela e Célia continuam presentes na história do movimento feminista brasileiro.

Leia abaixo a nota de pesar da ministra Eleonora Menicucci

“Foi com extrema tristeza que recebi a notícia na madrugada de hoje (15) do falecimento, em um trágico acidente de carro, no interior da Bahia, de três mulheres que viajavam para o carnaval, sendo que duas delas integravam nossa equipe da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM/PR): a Secretária de Articulação Institucional e Ações Temáticas (SAIAT), Rosangela Rigo, e a Coordenadora-Geral da Diversidade, Lurdinha Rodrigues. Duas feministas históricas, elas farão muita falta na luta pelo combate à discriminação de gênero e na construção de políticas públicas pelos direitos das mulheres.

Acima de tudo perdemos duas grandes amigas e companheiras de militância feminista. Ambas deixam um legado excepcional de coragem, determinação e alegria para a transformação dos sonhos e utopias na luta pelo avanço das conquistas dos direitos das mulheres.

Rosangela Rigo esteve à frente da Secretaria de Enfrentamento a Violência como Secretária Adjunta e havia assumido no início deste ano a Secretaria de Articulação Institucional de Ações Temáticas da SPM/PR. Foi titular da Coordenadoria da Mulher na prefeitura de Campinas e Secretária da Mulher na prefeitura de Suzano, ambos em São Paulo; Secretária Estadual de Mulheres do PT de SP e integrou o Coletivo Nacional de Mulheres do PT. Rosangela também participou do grupo feminista GTPOS/SP (Grupo de Trabalho e Pesquisa em Orientação Sexual).

Lurdinha Rodrigues, desde o início de minha gestão na SPM/PR, quando criei esta estrutura, foi coordenadora da Diversidade. Militante ativa feminista, desde jovem lutou contra a ditadura militar e pelas liberdades democráticas no nosso país e foi uma grande defensora dos direitos humanos, principalmente da população LGBT.

Toda minha solidariedade às famílias neste momento de dor. Não mediremos esforços para dar todo o apoio necessário.