As novas estrelas transformistas baianas que você precisa conhecer

Notícias
6 de dezembro de 2016
por Genilson Coutinho

Petra Peron (Foto: Genilson Coutinho)

Politizadas, glamurosas e muito talentosas. Esses são alguns dos adjetivos necessários para descrever as estrelas da nova geração do transformismo baiano. Elas foram chegando aos poucos e hoje já carregam o status de referência na arte do transformismo, ao lado de grande divas do cenário nacional.

Uma geração que soube aprender o que significa ser ator transformista na convivência com as grandes damas da arte na Bahia, e assumiu todas as responsabilidades.

Neste time de rapazes (em que há também uma garota) há maquiadores, agente parlamentar, estudantes, médicos e arquitetos que abraçaram a arte do transformismo sem medo de ser feliz e com intensa dedicação.

Aimée Lumière (Foto: Genilson Coutinho)

Atenta a questões políticas, essa geração mostra grande consciência artística e um grande leque de cartas nas mãos. Eles conseguem agregar diferenciais às suas personagens ao mesmo tempo em que se preocupam em passar mensagens importantes por meio da arte. Ao longo de 2016,  conquistaram espaço e o respeito dos fãs e de empresários da cena LGBT.

Petra Peron, atual Miss Salvador; Aimée, uma das grandes estrelas do Super Talento 2016, que não ganhou, mas deu muito trabalho aos concorrentes, chegando ao segundo lugar na finalíssima; Nina Cordona, que chegou de mansinho com suas maquiagens e figurinos incríveis, além do título de Talento Marujo; Spadina Banks, vencedora do Gran Prix de transformistas, promovido por Rainha Loulou, dentro do projeto Beco Ocupado, seguida por Alexandra DeLavegas, atual garota Fabulous, e a louríssima dos lábios carnudos Melane, abusada na sensualidade com sua pegada de garota comportada; Malayka SN, que se define como Drag Terminal; e a angelical Desirée Becker, que com estilo e personalidade fortes, vem conquistando cada vez mais espaço e abusando da beleza. E não poderíamos deixar de falar de Aliraa Cox, que não brinca em serviço e quando se sente desafiada é babado! O talento que ninguém segura é o de Ingrid Carvalho, única mulher na Bahia a ocupar os palcos da arte transformista, que é um espaço que sempre foi dos rapazes, mas ela chegou com tudo, e com o título de Talento Marujo mostra que há espaço para tod(x)s.

Quem também não pode ficar de fora desse grupo é a fabulosa Amanda Moreno, que em 2016 conquistou o título de “Super Talento”, com apenas 5 meses de carreira.

Agora é só ficar de olho nas redes sociais das garotas, escolher sua favorita e aplaudir.

Melanie Mason (Foto: Genilson Coutinho)

DesiRée Beck (Foto: Genilson Coutinho)

Nágila GoldStar (Foto: Genilson Coutinho)

Nina Codona (Foto: Genilson Coutinho)

Amanda Moreno (Foto: Genilson Coutinho)

Malayka SN (Foto: Genilson Coutinho)

Aleera Cox (Foto: Genilson Coutinho)

Alehandra Dellavega (Foto: Genilson Coutinho)