Arquitetas dão dicas de decoração para o fim de ano

In Moda
19 de dezembro de 2016
por Genilson Coutinho

parte-1-2-3

Durante os festejos do fim de ano, quando amigos e familiares costumam se reunir para celebrar, não é incomum ter a vontade de mudar alguma coisa nos ambientes da casa. Afinal, ao olhar para as paredes, a mesma cor de sempre pode causar incômodo. Já sofás desbotados, cozinha escura e armários abarrotados são, muitas vezes, detalhes capazes de deixar em moradores e visitantes a sensação de que a casa não está completamente arrumada.

Grandes reformas, no entanto, nem sempre são a solução mais fácil e simples nessa época do ano. “O quebra-quebra, os barulhos e a poeira são pontos negativos na hora de fazer uma obra em casa, por isso, aproveitar a chance de evitá-la pode ser a melhor escolha neste momento em que o Natal já bate à porta”, comenta a arquiteta Cássia Paixão, parceira da loja de móveis e decoração Novo Projeto.

Para ela, cada cômodo da casa pode ter um detalhe modificado sem que seja necessário fazer uma reforma. Na sala, elementos como plantas e peças coloridas são pontos na decoração que trazem um novo aspecto.

Outra dica da profissional é investir nos espelhos. Para o quarto, a chave é manter a organização: armários, cômodas e penteadeiras devem estar organizadas e limpas. Já na cozinha, a palavra de ordem é iluminação.

Segundo a arquiteta Luiza Cervino, a luz é um dos pontos mais importantes para a harmonização dos espaços. “Iluminação é fundamental no ambiente. Com ela, você pode valorizar ou depreciar um lugar”.  Para a cozinha, uma boa luz é ainda mais essencial. Desse modo, quem deseja dar uma cara nova à casa sem obras, investir em iluminação pode se ruma boa ideia.

Uma dica de Luiza é usar a luz indireta, o que pode ser aproveitado em diversos cômodos. “Isso dá muito aconchegado quando você quer uma situação mais intimista. Não mexer em iluminação é terrível quando a gente vai fazer uma intervenção”, opina.

As arquitetas Luiza Cervino e Cássia Paixão destacam também a importância do uso de peças de decoração na hora de fazer mudanças. “Pufes e gardens, por exemplo, são coringas em um ambiente. Eles tanto decoram quanto têm uma utilidade. Conseguem dar muita alegria ao lugar quando são usados com bastante cor”, explica Luiza.

Outras estratégias podem ser utilizadas para evitar as reformas. “Às vezes, a mudança de uma mesa ou um móvel já transforma a cara de uma casa”, comenta Luiza. Para a arquiteta Ana Paula Magalhães, uma alternativa viável é rearrumar obras de arte e peças de decoração.

“Usar e reorganizar os elementos que já fazem parte do acervo e história de vida do cliente, agregando valor às novas aquisições, é uma opção, mas isso é sempre melhor com o acompanhamento especializado de um profissional”, ressalta a profissional.

Novo Projeto

Adquirir novos objetos pode ser uma saída para mudar o astral da casa durante as festas. Na loja de móveis e decoração Novo Projeto, Ana Paula Magalhães e Luiza Cervino, parceiras da loja, expõem, até 10 de janeiro, sugestões de ambientes que podem servir de inspiração para as novidades da casa.

Além da mostra com o trabalho das arquitetas, a Novo Projeto também comercializa, com exclusividade em Salvador, as peças do artista plástico Franscisco Brennand. “É uma boa ideia colocar uma obra de arte em evidência. Bem posicionada, ela deixa o espaço elegante e sofisticado”, sinaliza Ana Paula.

Unânime entre as três profissionais também é a escolha por trocar o papel de parede ou as cores do ambiente. “Para mudar uma casa sem obra, a primeira coisa que a gente pode pensar é em papel de parede. Não tem sujeira”, comenta Luiza. “Isso tudo dá uma cara nova e não precisa fazer obra”.

Cássia Paixão relembra ainda que é possível investir na pintura até mesmo dos móveis, o que dá um aspecto novo ao que não pode ser trocado no momento e faz com que o Natal e o Ano Novo sejam comemorados em clima de novidade.

Serviço

Novo Projeto Salvador – Av. Manoel Dias da Silva 1236 – Pituba Telefone: (71) 3248-2358 | 3248 1625

Para maiores informações, acesse .