André Fischer diretor do Festival Mix Brasil fala dos seus favoritos da 20ª edição do Festival

Sem categoria
8 de novembro de 2012
por Genilson Coutinho


André Fischer é criador e diretor do Festival Mix Brasil, cuja vigésima edição terá início nesta quinta-feira, dia 8 de novembro, com sessão de abertura + filme + festa em São Paulo. A programação que conta com 138 filmes ficará 10 dias em São Paulo e depois seguirá para o Rio de Janeiro, entre dia 22 de novembro e 1º. de dezembro.

Pedimos para que André selecionasse seus cinco programas preferidos dentro da grade de programação do Festival. E ele resolveu eleger cinco programas de curtas. Segue abaixo as escolhas do diretor.

8 a 80
“São filmes que narram a experiência homossexual desde a infância até a terceira idade, passando pela adolescência e vida adulta, tudo de forma cronológica. Um curta fala da descoberta da homossexualidade na pré-adolescência, outro traz um adolescente homossexual tomando coió… O programa termina com um curta alemão sobre um casal sadomasoquista septuagenário.”

É Um Menino! (It’s A Boy! | EUA | 2012 | 5’ | Diretor JC Calciano) – Três recém-nascidos discutem a sexualidade e se nasceram gays, heteros ou bissexuais.

Iniciação No Vapor (Steam Is Steam | Canada | 2012| 11’ | Diretor Etienne Desrosiers) Montreal 1952. Samuel vai com seu amigo Julian para sauna, uma rotina semanal do seu pai. É primeira vez de Julian e será um dia para ficar na memória. Um conto sensual e sincero de descoberta com toques cômicos.

A Vingança Da Bee (Downing | Reino Unido | 2012 | 16’ | Diretor Ben Peters) – Em meio a uma festa vibrante, Downing explora o complicado campo minado que é a sexualidade dos adolescentes. Como a de John, o carinha gay local que vive isolado e encontra uma oportunidade para se vingar do seu opressor “hétero”, o popular gostosão Daniel. Menino beija menino, bebida, transas e arrependimento: apenas mais uma festa teen.

Encontro No Parque (Chom Gufcha | Israel | 2012 | 13’’ | Diretor: Director Zvi Landsman) – A busca por amor leva Jonathan para um parque. Ele só quer carinho, o parque vai oferecer isso a ele?

O Que Arde Cura (As The Flame Rose | Portugal | 2012| 26’ | Diretor João Ruy Guerra da Mata) – Na madrugada de 25 de Agosto de 1988, Portugal acorda com o maior incêndio de que há memória desde o Grande Terramoto de 1755. Em Lisboa, o Chiado arde. Do outro lado da cidade, longe da fumaça e do fogo, Francisco recebe um telefonema inesperado e as chamas do passado irrompem pelo seu quarto, sufocando a sua vida.

Tabule (Taboulé | Espanha | 2011 | 4’ | Diretor Richard Garcia Vazquez) – Uma história sobre códigos secretos.

Um Dialogo De Ballet (Porto Alegre/Brasil | 2012 | 7’ | Diretor Filipe Matzembacher)
Um senhor e um jovem acordam. O tempo passa. E pára.

Disciplina e Ordem (Zucht Und Ordnung | Alemanha | 2012 | 8’ | Diretor Jan Soldat) – Dois homens nus e idosos com 70 anos, falam em um ambiente elegante sobre seu relacionamento e conversam de uma maneira agradável e sincera sobre seus fetiches e predileção pelo sadomasoquismo. A real educação alemã.
Mulheres Fodas
“É um programa bem humorado e sexy. Os filmes falam de mulheres fortes, independente da orientação sexual. Destaque para “Arrotos e Soluços”, que traz uma irmã que abusa sexualmente de seu irmão, da comédia “Luis e Luisa”, sobre um cara que brocha e que desperta uma atitude inesperada na esposa, e “Barrigas em Greve”, sobre um grupo de mulheres que resolve não engravidar mais para acabar com a humanidade.”

Arrotos e Soluços (Belching and Hiccups | Uberlandia/Brasil | 2012| 12’ | Diretor Renato Cabral) – Um filme cujo único valor é levar o banheiro para a mesa do jantar.

Barrigas Em Greve (La Grève Des Ventres | França | 2012| 30’ | Diretor Lucie Borleteau) – As mulheres decidiram exercer o poder que têm entre suas coxas e ameaçam a humanidade à extinção progressiva.

Luis & Luisa (Luis y Luisa | Espanha | 2012| 12’ | Diretor Alejandro Cano Escribano) – Luis seduz Luisa e ele acabam em sua casa para uma noite de sexo e paixão desenfreada, mas as coisas não vão tão bem como eles esperavam…
Porn Karaokê (Porn Karaoke | Brasil | 2011| 14’ | Diretor Daniel Augusto) – Uma adolescente vê tatuagens surgirem no seu corpo depois de experiências eróticas. Adulta, as tatuagens somem e ela vai em busca do motivo.

Terapia Do Ar Fresco (Fresh Air Therapy 2 | Alemanha | 15’ | Diretor Christoph Scheermann) – Kerstin e Petra vão fazer terapia de casal. Seu terapeuta sugere jogos eróticos, mas elas não estão sozinhas…

Super Mães
São curtas de cinco países que falam basicamente sobre aceitação dos filhos homossexuais. Uns são mais dramáticos e outros mais bem humorados. Destaque para o curta “O Ninho Vazio”. Nele, uma mãe sexóloga acredita que seu filho é um rapaz mega dotado quando vê na tela do computador dele uma foto de um super pau que ela pensa ser do filhão. Que nada, o que ele gosta mesmo é de…

Down Here (Down Here | Portugal/EUA | 2012| 11’ | Diretor | Director Diogo Costa Amarante) – Emily está andando por um território estranho e desconhecido, mas sua difícil missão irá em breve encotrar conforto no mais improvável dos lugares.

O Segredo Dos Lirios (The Lilies’ Secret | Porto Alegre/Brasil | 2012| 16’ | Diretor Brunna Kirsch e Cris Aldreyn) – Christiane, Estela e Vera: Três mães cujo amor supera o incomum.

Pela Janela (Through The Window | Israel | 12’ | Diretor: Chen Shumowitz) – Yoni e Shira são pegas no meio de um beijo apaixonado pela mãe de Yoni. Yoni é forçada a escolher entre seu amor por Shira e sua própria família.
O Ninho Vazio (El Nido Vacio | Espanha | 2012| 11’ | Diretor: Francisco Lupini Basagoiti)
Montse é uma mãe solteira e terapeuta sexual. Ela “descobre” que Andres, seu filho, tem um membro descomunal.

Tsymel (Tsymel | Bélgica | 2012 | 17’ | Diretor: Axel Kremer) – Como uma borboleta, Jonhatan emerge de seu casulo em casa, onde vive com a mãe, para a noite onde se transforma em Tsymel.

Boys Magia
Esse programa existe desde os primórdios do Festival Mix Brasil, quando era chamado de Sexy Boys. É a união dos curtas de temática sexual mais explícita e, claro, com elencos cheios de atores gatos. Desta vez, todos os curtas trazem pelo menos um personagem que “enfeitiça” outros personagens, todos sedutores (daí o “magia”). Destaque para o curta israelense “Olhar Pode”, que traz um gostosão que se exibe na internet mas não pode ser tocado por ninguém no mundo real; “Tudo começou na lavanderia”, um curta norte-americano em que o protagonista seduz as pessoas na lavanderia para roubar as roupas, e “Desconhecido Íntimo”, sobre um cara que seduz tanto o pai quanto o filho.

Olhar Pode (Gazes | Israel | 2012| 14’ | Diretor Shay Gabso) – Ran é jovem e adotou um estilo de vida de michê virtual. Um encontro ocasional com Yoav, seu novo vizinho fotógrafo, leva Ran a tentar criar um contato real com alguém. No entanto, ele não se lembra como fazer isso.

Banqueiros (Bankers | Portugal | 2012| 12’ | Diretor Antonio da Silva) – Uma câmera escondida retrata interações sexuais entre funcionários de banco em um banheiro público de Londres. O filme mostra o entra e sai de homens engravatados, urinando, se masturbando… Tudo sem palavras, apenas sinais e alguns sons corporais. Uma coreografia em volta do mictório na hora do almoço. Contém material sexualmente explícito e pode não ser adequado para todos os públicos.

Desconhecido Íntimo (Closely Unknown | São Paulo/ Brasil | 2011| 20’ | Diretor: Alexandre Ingrevallo) – O filme discute como as escolhas pessoais acarretam ao longo da vida do ser humano e coloca o debate sobre a homossexualidade dentro da familia. Até que ponto conhecemos de fato as pessoas com quem convivemos? E mais: até que ponto nos conhecemos de verdade?

O Namorado Tem Namorada (Keep Breathing | Israel | 2012| 14’ | Diretor Orr Sigoli) – Em Jerusalém, Hillel descobre que seu amante está prestes a substituí-lo por uma nova namorada, uma jovem cantora. Hillel não vai desistir tão facilmente e suas ações irão confrontar ele mesmo e as pessoas ao seu redor com decisões difíceis e verdades.

Salada De Frutas (Fruit Salad | Israel | 2012| 5’ | Diretor | Director Boaz Foster) – Uma receita para um relacionamento perfeito. No mundo ideal de Yuval, ele está em uma relação perfeita com inúmeros parceiros. Ou não?

Tudo Começou Na Lavanderia (No Clothes | EUA | 10’ 10’ | Diretor Hugo Kenzo)
Alan conhece Joseph na lavanderia durante a noite. O que parece ser um possível encontro romântico, logo se transforma em uma corrida pelas ruas de Nova York.

O Outro Lado do Islã
São três filmes vindos do Reino Unidos, do Paquistão e da Holanda que falam da delicada relação entre o islamismo e a homossexualidade. Destaque para a comédia “Força na Burka”, em que uma travesti e uma mulçumana se encontram no elevador. Enquanto uma sonha em usar uma peruca, outra sonha em usar uma burka.

Esconde-esconde: A Vida Gay No Paquistão (Chupan Chupai | Holanda | 2012 | 58’ | Diretor Saad & Saadat) – Quatro indivíduos e seus conflitos internos transitam nas áreas urbanas de Paquistão. Entre eles, Jenny, estudante universitário transgênero que passou por uma castração, Kami, cross-dressing que vive abertamente com seu namorado; e Neeli, que desempenhou um papel na aprovação pelo Supremo Tribunal em favor do ‘terceiro sexo’.

Força Na Burca (What You Looking At?! | Reino Unido | 2012 | 8’ | Diretor Faryal) – Duas pessoas de mundos completamente diferentes que moram no mesmo prédio são forçadas a passar um tempo juntas no elevador e acabam percebendo que têm mais em comum do que imaginavam.

Sou Gay E Mulçumano (I Am Gay And Muslim | Holanda | 58’ | Diretor Chris Belloni) – Este documentário íntimo segue um número de jovens gays marroquinos na exploração de sua identidade religiosa e sexual. Os homens retratados no filme compartilham abertamente suas experiências pessoais e falam sobre a ambigüidade e dissimulação da vida que se sentem condenados a viver, embora alguns tenham assumido abertamente sua orientação sexual.