ANA CAROLINA, NANDO REIS E JAU BRILHAM NA SEGUNDA NOITE DO FESTIVAL DE INVERNO BAHIA

Sem categoria
21 de agosto de 2011
por Fábio Rocha


  • Público foi ao delírio com programação musical deste sábado.
  • Victor e Leo, Frejat e Cidade Negra encerram hoje a sétima edição do maior evento musical do interior do Nordeste

A segunda noite do Festival de Inverno Bahia foi marcada por muita descontração, gente bonita e shows contagiantes. A musicalidade de Jauperi iniciou os primeiros acordes do Festival de Inverno Bahia 2011 neste sábado. A multidão que lotou o Parque de Exposições Teopompo de Almeida dançou os hits animados da mistura de swing e MPB, magistralmente combinada pelo cantor e compositor baiano.

De chinelos e com uma taça de vinho na mão, Jau brindou com o público ao som de ‘Quase nada’ e cantou com a platéia o sucesso ‘Sandália de Couro’, além de músicas consagradas de outros artistas como ‘Telegrama’, de Zeca Baleiro, ‘Toda menina baiana’, de Gilberto Gil, e ‘Palpite’, de Vanessa Rangel. Durante o show, Jau falou da sua admiração pela música ‘Firme e Forte’, de Márcio Vitor. “É uma das melhores músicas dos últimos dez anos”, definiu.

Muito à vontade no palco, Jau interagiu com o público, dançou, declamou poesia e convidou a platéia para cantar com ele ‘Flores na favela’ e ‘Já é’, canção que foi sucesso na época do grupo Afrodisíaco.

Para o médico Gilvan Araújo, de Salvador, que já é veterano no Festival de Inverno Bahia, o evento este ano está melhor que nas edições anteriores. Antigo admirador do som de Jau, ele interpretou a música ‘Bem de raiz’, uma de suas preferidas. “O Festival de Inverno este ano está perfeito, insuperável. Estou muito contente por poder curtir toda essa musicalidade num só espaço. Gosto muito de Jau. As composições dele são muito bacanas” completa o médico.

A cantora Ana Carolina fez sua estréia no Festival de Inverno Bahia em alto estilo. Uma das atrações mais aguardadas desde a primeira edição do evento, a cantora apresentou em Vitória da Conquista o show ‘N9ve’, que comemora seus 10 anos de carreira. A voz inconfundível da cantora e compositora mineira levou o público ao delírio quando cantou os sucessos “Garganta” e “Quem de nós dois” do seu segundo trabalho.

Com seu inseparável violão ela também cantou “Encostar na tua” e orquestrou a platéia ao som de “É isso aí”. De pandeiro na mão ela ditou o ritmo de “Vox Populi” e perguntou ao público se era possível sambar miudinho a composição “Cabide”, muito conhecida na voz de Mart’Nália. “Quem veio acompanhado ou está de olho em alguém, agora é o momento de aproveitar para fazer um cafuné, um carinho, não pode deixar passar” disse a cantora ao iniciar a música ‘Aqui’. E animada com a atuação da platéia, pediu silêncio absoluto da banda para ouvir o público cantar “Elevador”. A gestora Vanessa Profeta comentou sobre a sua sensação. “Valeu a pena esperar tantos anos. O show foi sensacional”, afirmou.

Acompanhado pela banda Os Infernais, Nando Reis, encerrou a noite com muito rock’n roll no show “Bailão do Ruivão” e cumpriu muito bem a promessa de aquecer o frio que fazia na madrugada da cidade baiana. Efeitos impecáveis e o repertório irretocável empolgaram o púbico, que vibrou muito do início ao fim do show. Nando Reis homenageou Tim Maia com ‘Gostava tanto de você’ e cantou muitos sucessos de sua fase no Titãs, entre outras composições autorais românticas, como ‘Por onde andei’. “Nando Reis, como sempre surpreendente” definiu a apresentação o empresário conquistense Mário Ferraz.

Entre uma apresentação e outra do palco principal, as bandas Fulor do Cangaço, Tirana Seca, Del Feliz e Fiá Pavi comandaram a festa no Barracão do Forró Conta Universitária Bradesco. Para a dona de casa Ana Galvão, de Itabuna, a festa é perfeita para esquentar o frio. “A diversidade musical e de espaços do festival é excelente. Mesmo quando a gente aguarda a próxima banda do palco principal, a gente dança e se requebra ao som das outras atrações do festival”, admitiu.

Para o universitário João Oliveira a animação no FIB já começa na entrada com a Tenda Eletrônica Claro. Neste sábado as Pikups foram comandadas pelos Djs: Van Muller, Robertinho e Mauro Telefunksal.

O Festival de Inverno Bahia encerra a sua sétima edição hoje, domingo (21/08) com Cidade Negra, Frejat e Victor e Léo. Este ano, mais de 50 mil pessoas deverão circular, até domingo, pelo Festival de Inverno Bahia. O evento contou com cerca de R$ 5 milhões de investimentos. A festa é realizada pela Icontent, empresa de entretenimento da Rede Bahia, em parceria com a TV Sudoeste.

O Festival de Inverno Bahia conta com o patrocínio master da Faculdade Independente do Nordeste (Fainor), Sonho de Valsa, Nova Schin e Halls. As marcas Claro, Blowtex, ZAB, Cambuí, Porto Seguro, Suzano, Bradesco, Governo da Bahia, Bahiatursa, Pousada da Conquista Resort e Spa, Shopping Conquista Sul, G Barbosa, Empório, Silva Calçados, Bivolt e Kasinski – Moto oficial são apoiadoras do Festival de Inverno Bahia 2011, que conta também com a parceria de, Inside, Made Office, Les Hebous e Floricultura Bem me quer. A Lacta contará com um camarote no evento, a Claro assina a Tenda Eletrônica e o Bradesco promove o Barracão Conta Universitária.

Fotos: Laécio Lacerda