‘Aeroporto verde’: Salvador Bahia Airport ganha reconhecimento internacional em sustentabilidade

Serviços
22 de outubro de 2019
por Genilson Coutinho

O compromisso ambiental do Salvador Bahia Airport, integrante da rede VINCI Airports, acaba de ser reconhecido internacionalmente mais uma vez. A Estação de Tratamento de Efluentes (ETE), o trabalho de eficiência energética e o gerenciamento do risco da fauna desenvolvidos no Aeroporto da capital baiana são destaque na edição 2019 do “ACI-LAC Green Airport Recognition”.

 A premiação é voltada para iniciativas sustentáveis em aeroportos e acontece durante a conferência anual do Conselho Internacional de Aeroportos da América Latina e Caribe (ACI-LAC), entre os dias 21 e 23 de outubro, em Bogotá, na Colômbia. Na ocasião, quem representa o Salvador Bahia Airport é o engenheiro Henrique Bellini, eleito recentemente “Jovem Profissional de Aeroporto de 2019” pelo mesmo Conselho.

 O Gerente de Meio Ambiente do Salvador Bahia Airport, Rodrigo Tavares, comemora a honraria. “Estamos muito felizes com o reconhecimento. Esse é o resultado de um trabalho que realizamos com muito planejamento, dedicação e comprometimento. A sustentabilidade faz parte do nosso DNA e está presente no dia a dia do Aeroporto, orientando desde a nossa estratégia de negócio até todas as nossas operações”, destaca.

 Esse é o segundo reconhecimento internacional relacionado à sustentabilidade obtido pelo Salvador Bahia Airport. Em janeiro desse ano, o Aeroporto foi o primeiro das regiões Norte/Nordeste e o segundo do Brasil a obter a certificação ACA (Airport Carbon Accreditation), concedida pela organização Airport Council International (ACI) em nível 1, que avalia e reconhece os esforços de redução de gases de efeito estufa gerados pelos aeroportos.

 Saiba mais sobre as ações do Salvador Bahia Airport reconhecidas pelo “ACI-LAC Green Airport Recognition”:

 ETE – Implantada em 2018, a Estação de Tratamento de Efluentes (ETE) possui 99,5% de eficiência e permitiu adotar no Terminal o reuso de água. Hoje, a água tratada pela Estação é redirecionada para utilização nas obras em curso no Aeroporto, jardinagem e resfriamento de asfalto, vasos sanitários, atividades dos bombeiros e torres de resfriamento.

 Eficiência energética – O Salvador Bahia Airport já substituiu mais de 1200 lâmpadas convencionais por LED. A troca foi responsável pela redução de cerca de 30% do consumo energético com iluminação. Somado a isso, foram instalados no Terminal elevadores e escadas rolantes mais eficientes.

 Gerenciamento defauna – Em relação a 2017, o trabalho de gerenciamento realizado em 2018 reduziu em 80% o número de colisões de aves com danos às aeronaves, o que torna o Aeroporto mais seguro e contribui para a preservação da biodiversidade local.

 Sobre o Salvador Bahia Airport
Localizado na capital baiana e primeira capital brasileira, o Salvador Bahia Airport está na lista dos dez aeroportos mais movimentados do país. Durante o ano de 2018, mais de 8 milhões de passageiros viajaram pelo terminal para cerca de 30 destinos com ligação direta, entre domésticos e internacionais.

O Salvador Bahia Airport foi integrado à rede VINCI Airports em 2 de janeiro de 2018, através de um Contrato de Concessão com duração até 2047. Visando oferecer uma melhor experiência aos seus passageiros e um melhor serviço às companhias aéreas, a VINCI Airports deu início a um ambicioso plano de investimentos para modernizar e ampliar o aeroporto. A primeira fase das obras, que inclui a construção de uma nova área de 22.000 m² e a remodelação do terminal existente, estará concluída em outubro de 2019.

Sobre a VINCI Airports
A VINCI Airports, como a maior operadora privada de aeroportos no mundo, gerencia o desenvolvimento e as operações de 46 aeroportos localizados na França, em Portugal, no Reino Unido, na Suécia, Sérvia, no Camboja, no Japão, nos Estados Unidos, na República Dominicana, na Costa Rica, no Chile e no Brasil. Atendida por cerca de 250 companhias aéreas, a rede VINCI Airports transportou 240 milhões de passageiros em 2018.

Por meio de sua expertise como um integrador abrangente, a VINCI Airports desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos, aproveitando sua capacidade de investimento, network internacional e know-how para otimizar a gestão e o desempenho das infraestruturas aeroportuárias existentes, suas extensões e projetos de novas construções. Em 2018, sua receita anual para atividades geridas foi de 3,6 bilhões de euros e de 1,6 bilhão de euros para receita consolidada.  Mais informações estão disponíveis em www.vinci-airports.com ou www.salvador-airport.com.br