Aeroporto de Salvador promove diálogos sobre turismo étnico e economia criativa

Arte e Exposições, No Circuito
19 de novembro de 2018
por Genilson Coutinho

No mês da Consciência Negra, o Aeroporto de Salvador recebe uma programação especial em comemoração à data. Com o tema “Afroinovação: fortalecendo o turismo étnico e a economia criativa”, diversas atividades gratuitas como workshop, debates e exposição fotográfica estarão abertas ao público entre os dias 19 e 30 de novembro.

Promovida pelo Aeroporto em parceria com a aceleradora Vale do Dendê, a programação busca dar visibilidade a ideias inovadoras e impulsionar novas parcerias e negócios na Bahia. De acordo com o estudo “Voz e a Vez – Diversidade no Mercado de Consumo e Empreendedorismo”, encomendada pelo Instituto Feira Preta ao Instituto Locomotiva, os negros no país representam 54% da população e movimentam, em renda própria, R$ 1,7 trilhão por ano. Os números chamam atenção para a força da comunidade negra e importância de se discutir o seu protagonismo na geração de novos negócios.

Com este propósito, no dia 26 de novembro, das 9h às 11h, no auditório do Aeroporto (2º andar), acontece um talk show sobre turismo étnico: desafios e oportunidades e uma mesa-redonda sobre empreendedorismo afro e economia criativa. O evento vai reunir convidados de destaque nos cenários nacional e internacional, como David Wilson, fundador do site americano The Grio – primeiro site de notícias dedicado à comunidade afro-americana.

O presidente do Olodum, João Jorge Rodrigues, e Nívia Luz, turismóloga, mestranda em Cultura e Sociedade, CEO do Instituto Oya de Arte Educação e diretora do Cortejo Afro, também confirmaram presença. A mediação será feita pelo publicitário e empreendedor Paulo Rogério Nunes, cofundador da aceleradora Vale do Dendê e consultor em diversidade com vasta experiência no estudo sobre mercados multiculturais e inovação social.  Na ocasião, serão apresentados ainda pitches de negócios, com ideias inovadoras no segmento turístico.

Já no período da tarde, das 15 às 17h, o foco dos debates será “Empreendedorismo afro e economia criativa”, com uma mesa-redonda para compartilhamento de cases de sucesso e experiências em ambientes de negócios. Participam a CEO da Abebê Cosméticos Artesanais Jacqueline Bastos, a criadora da grife N Black Najara Black, a fundadora do Studio Móvel Maili Santos e a editora-chefe do jornal Correio, que realiza o Afro Fashion Day, Linda Bezerra.

Os interessados devem realizar inscrição aqui.

Beleza negra

Até 30 de novembro, passageiros e demais usuários do Aeroporto de Salvador poderão apreciar a beleza das clássicas baianas, com suas saias rodadas, turbantes e joias na exposição “Adereços e Luxo do Axé”, do fotógrafo Genilson Coutinho. São 20 imagens que retratam a vaidade das baianas na composição de suas indumentárias, destacando brincos, colares, turbantes, fitas do Bonfim e outros detalhes. Localizada na área de check-in e em frente ao embarque doméstico, a mostra revela a beleza, encanto e sincretismo que fascinam baianos e turistas. A visitação é gratuita.

Diversidade racial

Como parte da programação, no dia 22 de novembro, das 09h às 11h, funcionários, lojistas e empresas contratadas que atuam no aeroporto vão participar de workshop sobre a diversidade étnico-racial e as relações sociais.

Ministrada por Leomar Borges dos Santos, da Secretaria da Reparação da Prefeitura Municipal de Salvador, o evento tem como proposta sensibilizar as empresas que atuam no Aeroporto para os desafios da equidade racial dentro das organizações.

Esta é umas das ações da Concessionária do Aeroporto de Salvador para fortalecer seu posicionamento relacionado à diversidade no ambiente de trabalho e nas relações com o público externo. Em dezembro, o Aeroporto de Salvador irá concorrer ao Selo da Diversidade Étnico-Racial, que estabelece diretrizes e compromissos para as empresas signatárias no que diz respeito ao combate do racismo institucional e à promoção da equidade nas relações de trabalho.

 Programação aberta ao público

Local: auditório do Aeroporto – 2º andar

22/11 (quinta-feira)

9h às 11h– Workshop Diversidade étnico-racial e as relações sociais

26/11 (segunda-feira)

8h30 às 11h30 – Talk show “Turismo étnico: desafios e oportunidades”

15h às 17h – Mesa-redonda “Empreendedorismo afro e economia criativa”

Inscrições pelo link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfQAy0saowvS_0czAKhjDVAIuXCP0-DRbaqk-tFZTQjdYYz4w/viewform Participação sujeita à lotação do auditório.

 Local: área de check-in, em frente ao embarque doméstico

De 19 a 30/11– Exposição “Adereços e Luxo do Axé”

 Sobre a VINCI Airports

A VINCI Airports, uma das cinco principais empresas globais do setor de aeroportos, gerencia o desenvolvimento e as operações de 44 aeroportos localizados na França, em Portugal (incluindo o hub de Lisboa), no Reino Unido, na Suécia, no Camboja, no Japão, nos Estados Unidos, na República Dominicana, na Costa Rica, no Chile e no Brasil. Com a presença de mais de 250 companhias aéreas, os aeroportos VINCI registraram um tráfego superior a 180 milhões de passageiros em 2017.

Por meio de sua expertise e do profissionalismo de seus 12 mil funcionários, a VINCI Airports desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos, aproveitando seu know-how para otimizar a gestão e o desempenho das infraestruturas aeroportuárias existentes, extensões de instalações e novas construções.

Em 2017, seu faturamento anual para atividades de gerenciamento atingiu 3,2 bilhões de euros, com um valor consolidado de 1,4 bilhões de euros.  Mais informações estão disponíveis emwww.vinci-airports.com ou www.salvador-airport.com.br