Aeroporto de Salvador implantará sistema de resfriamento mais eficiente e sustentável

Serviços
5 de dezembro de 2018
por Genilson Coutinho

Como parte das obras para implantação do novo sistema de ar-condicionado no Aeroporto de Salvador, serão iniciadas hoje (5) as intervenções na tubulação de água gelada que alimenta as máquinas (fan-coil) de insulamento de ar frio no Terminal de Passageiros. A adequação é necessária para a instalação da nova Central de Água Gelada (CAG), prevista para começar a operar em abril de 2019.

 Durante a execução do serviço, haverá interrupção do fornecimento de ar frio no terminal, mantendo apenas ventilação mecânica entre 16h de quarta-feira (5) e 6h da quinta-feira (6). O horário da intervenção foi programado de forma a minimizar grandes impactos no conforto térmico dos passageiros, já que é um intervalo em que há menor fluxo de pessoas e de temperaturas mais amenas.

 Atualmente, estão sendo substituídos também os dutos de ar-condicionado situados no forro do terminal do Aeroporto. A renovação já foi concluída no primeiro andar, e está andamento no térreo e no segundo pavimento.

 Sustentabilidade e eficiência
Mais moderna e eficiente, a nova Central de Água Gelada terá maior capacidade de resfriamento. Seu sistema de automação permitirá ainda redução do consumo energético, sendo capaz de aumentar e diminuir automaticamente a intensidade do resfriamento de acordo com a demanda do terminal, assegurando conforto térmico para os passageiros e outros usuários do Aeroporto de Salvador.

 Em outubro de 2019, a CAG passará a funcionar com 100% de água reaproveitada, proveniente da nova Estação de Tratamento de Efluentes (ETE), que já está em operação e, no próximo ano, será integrada ao sistema de reuso de água em implantação no Aeroporto.

 Sobre a VINCI Airports

A VINCI Airports, uma das cinco principais empresas globais do setor de aeroportos, gerencia o desenvolvimento e as operações de 44 aeroportos localizados na França, em Portugal (incluindo o hub de Lisboa), no Reino Unido, na Suécia, no Camboja, no Japão, nos Estados Unidos, na República Dominicana, na Costa Rica, no Chile e no Brasil. Com a presença de mais de 250 companhias aéreas, os aeroportos VINCI registraram um tráfego superior a 180 milhões de passageiros em 2017.

Por meio de sua expertise e do profissionalismo de seus 12 mil funcionários, a VINCI Airports desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos, aproveitando seu know-how para otimizar a gestão e o desempenho das infraestruturas aeroportuárias existentes, extensões de instalações e novas construções.

Em 2017, seu faturamento anual para atividades de gerenciamento atingiu 3,2 bilhões de euros, com um valor consolidado de 1,4 bilhões de euros.  Mais informações estão disponíveis emwww.vinci-airports.com ou www.salvador-airport.com.br