“Adoro o homem que sou”, diz Rogéria em entrevista a Marília Gabriela

Sem categoria
10 de abril de 2013
por Genilson Coutinho

(Foto: Divulgação/SBT)

Nesta quarta, 10 de abril, Marília Gabriela recebe a atriz e transformista Rogéria. Personagem marcante do show bizz brasileiro, Rogéria tem 50 anos de carreira e nasceu em 1943 no interior do Rio de Janeiro com o nome de Astolfo. Ela começou a carreira como maquiadora e já foi vedete, cantora, jurada de televisão e atriz. No programa ela fala sobre sua história, sua luta pela igualdade entre os gêneros e opina sobre diversos temas.

Confira as melhores frases da entrevista:

• Com três anos eu já era uma “Rogerinha”. Antigamente era muito melhor, hoje para um gay se revelar tem que pensar muitas vezes.Rogéria
• Não sou contra nada, mas se a maioria diz que não quer ver, eu tenho que ficar calada. (Sobre beijo gay na TV)
• Eu amo o Astolfo e a Rogéria.
• Eu nunca vou parir, mas sei o sofrimento de uma mãe.
• Dependendo do que a pessoa me diz, sou mulher.
• Adoro o homem que sou.
• Eu convivo muito bem com esses dois lados.
• Minha mãe nunca teve vergonha de mim.
• Aqui é o meu país. (sobre não querer sair do Brasil)
• Eu não acredito que um homem de verdade tenha problema com isso. (Sobre o homossexualismo)
• Antigamente era muito melhor, hoje para um gay se revelar tem que pensar muitas vezes.
• Eu chorei dois anos pela morte do Ayrton Senna. (por ser muito fã)