Adolescente acusa escola de expulsá-lo da sala por ser gay

Notícias
30 de setembro de 2015
por Genilson Coutinho
Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Um adolescente de Monza, no norte da Itália, acusa a escola onde estuda de tê-lo expulsado da sala de aula pelo fato de ser homossexual. Em um email ao diretor do colégio – um instituto ligado à Igreja Católica -, o pai do jovem de 16 anos disse que seu filho foi obrigado a ficar no corredor por ter tirado uma foto ao lado de outro menino e postado a imagem nas redes sociais.

“Todas as decisões adotadas foram tomadas no exclusivo interesse do adolescente. Em todo caso, ele não ficou no corredor, mas em um espaço para protegê-lo daquilo que estava ocorrendo na sala de aula”, afirmou o diretor. Segundo ele, o menino estava sendo incomodado pelos colegas por conta da foto.

“Estou sem palavras. Como se pode obrigar um adolescente e ficar fora da própria classe durante as lições, discriminando-o e marcando-o no caráter e na dignidade, apenas por ser gay? Se isso for confirmado, me comprometo pessoalmente para que se tome sérias medidas contra a escola”, afirmou o chefe da Autoridade para Tutela da Infância e da Adolescência da Itália, Vincenzo Spadafora. Com informações da Agência Ansa.