Ações racistas lideram ocorrências do Observatório 2012

Sem categoria
19 de fevereiro de 2012
por Genilson Coutinho

Neste domingo (19), o Observatório da Discriminação Racial, Violência contra a Mulher e LGBT, apresentou seu relatório parcial e foi constatado aumento nos casos de agressão e desigualdade nos percursos carnavalescos, em relação a edição anterior. O relatório parcial das primeiras 72 horas registrou 135 ocorrências.

O maior número de ocorrências é de discriminação racial, representando uma média de aproximadamente 65% dos casos. Em seguida estão os casos de violência contra mulher com 33% e por último os casos de violência contra LGBT, com 2% de ocorrências registradas. Os casos relatam que o racismo está presente no carnaval 2012, e ratifica a necessidade e a importância da ação do Observatório durante o carnaval de Salvador.

A Semur conta, nesta sétima edição do Observatório, com o apoio e o reconhecimento dos artistas, que destacam esta prestação de serviço da Prefeitura de Salvador, durante o percurso de carnaval. Além de ressaltarem a importância em denunciar atos de violência e de discriminação durante o circuito.