Ações contra LGBTfobia no circuito da folia baiana

Comportamento, Social
24 de fevereiro de 2020
por Genilson Coutinho

 A Coordenação de Políticas LGBT da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS) realiza, desde a sexta-feira (21), mobilizações para entrega de material informativo e sensibilização da campanha “Aqui é Respeito”, que alerta a sociedade para o respeito à diversidade e denúncia de violências e agressões contra o público LGBTQIA+ nos circuitos carnavalescos.

As ventarolas, que levam o nome da campanha, foram distribuídas nos circuito do Campo Grande, Barra e Pelourinho. O coordenador de Políticas LGBT da SJDHDS, Gabriel Teixeira, conduziu uma das mobilizações e disse que a ação é fundamental para promover o respeito e proteger os direitos LGBTs durante a festa.

“É uma ação que visa orientar a população LGBT de que existe espaço no carnaval para ajuda, proteção e denúncia de violações de direitos. Para isso, buscamos parceria com órgãos no carnaval na proteção de pessoas, como a Secretaria de Turismo e a de Segurança Pública”, esclareceu Gabriel Teixeira.

“A receptividade da população está sendo bem positiva, as pessoas estão abraçando a causa e denunciando crimes de homofobia e qualquer constrangimento ou violência relacionado a esse casos”, avaliou Teixeira.

Qualquer violação contra o público LGBT pode e deve ser registrada. As vítimas podem denunciar no Disque 100; Ouvidoria Geral do Estado – Whatsapp: 71 99911-7631Plantão de Proteção Integral da SJDHDS -71 3116-8525/8503 – apenas no período de carnaval; e no Posto da Polícia Civil para a População LGBTI, que funciona 24h no Largo 2 de Julho, em Salvador.

“Somos ofendidas 24h por dia. Ontem mesmo, no circuito do Pelourinho, lutei por um direito meu, enquanto mulher trans. Esta campanha é fundamental para nos proteger e nos direcionar para os locais e órgãos responsáveis para denúncia”, declarou a jovem Luísa, de 17 anos.

Deixe seu comentário

Sem comentários, seja o primeiro.