73% dos gays soropositivos britânicos já foram rejeitados por causa do HIV

AIDS em pauta, Notícias
2 de dezembro de 2016
por Genilson Coutinho

Uma pesquisa realizada no Reino Unido com 750 homens gays e bissexuais soropositivos revelou dados tristes que mostram que o preconceito ainda reina em relação a esta condição.

Ao estudo, 73% disseram que já foram rejeitados por terem HIV, ainda que 96% deles estivessem com a carga viral indetectável, ou seja, não podem transmitir o vírus.

O medo do estigma associado à aids é o que faz 83% serem relutantes em revelar sua sorologia. Uma pesquisa anterior, de 2014, mostrava que esse número era de 75%.

Apps de encontros, tais como o Grindr, são onde mais os soropositivos sofrem discriminação (84%). Mas 22% também disseram terem enfrentado preconceito nas redes sociais, 20% em boates e bares e 17,3% no trabalho. Para 62%, ter HIV dificulta estar em um relacionamento.

Apesar disso, 60% disseram que sua vida melhorou após descobrirem serem portadores do vírus – o diagnóstico de HIV pede que a pessoa tenha uma alimentação mais saudável e pratique exercícios físicos para que não sofra efeitos colaterais da medicação, por exemplo, que pode aumentar os níveis de colesterol.