47% dos jovens não costumam usar preservativos no sexo, revela pesquisa

AIDS em pauta, Slider
18 de setembro de 2018
por Genilson Coutinho

Agência AIDS

Uma pesquisa realizada pelo DKT International acendeu um alerta sobre a saúde dos jovens brasileiros, nos quais cerca de 47% dos entrevistados, entre 14 e 24 anos, afirmaram que não costumam utilizar preservativos nas relações sexuais.

O levantamento ouviu mais de 1.500 pessoas em todo o Brasil, e revelou ainda que 74,8% dos participantes nunca fizeram o teste para saber se possuem ou não o vírus do HIV e que 21,6% dizem acreditar que existe cura para a aids.

“Precisamos despertar a reflexão dos jovens sobre o tema e encontramos neste festival internacional uma ótima oportunidade para promover a conscientização, o respeito, a tolerância e a liberdade. Queremos que os jovens tenham ciência da importância do cuidado pessoal e da saúde sexual, além de quebrar o tabu de que comprar camisinha é coisa de homem e tornar a compra do preservativo uma coisa natural também para as mulheres”, afirmou o gerente de Marketing LATAM da DKT International, detentora da marca Prudence, Francisco Angelo.

Francisco apontou o aumento do empoderamento feminino de forma importante para causas como essa. “As meninas estão mais ‘empoderadas’ e colocando preservativos na bolsa. A participação de mulheres nas redes sociais da marca de camisinhas, por exemplo, aumentou muito e isso ajuda a combater o machismo ainda presente ali”, analisou.

Para promover a conscientização do uso da camisinha, será realizado pela primeira vez no Brasil o Prudence Fest, festival que estima-se presenciar cerca de 30 mil pessoas mesclando música e informação. Atrações como Claudia Leitte, Ludmila, Kevinho, Maiara e Maraisa, Capital Inicial, JetLag e Felguk se apresentarão no evento.