UM QUARTO EM ROMA (HABITACIÓN EN ROMA)

Sem categoria
4 de abril de 2011
por Genilson Coutinho

 

Numa madrugada de verão em um bairro de Roma duas mulheres se conhecem num bar e andam pelas ruas desertas – Alba (Elena Anaya) e Natasha (Natasha Yarovenko). Esse encontro foi mais além e as duas acabam indo para o quarto de hotel onde Alba está hospedada.

Nesse quarto, as duas se descobrem e descobrem também muitas outras coisas, num sensível jogo de sedução, paixão e sexo; também de verdades e mentiras. Natasha se mostra mais preocupada por causa da sua vida heterossexual fora daquele quarto, mas aos poucos ela vai cedendo aos encantos de uma paixão avassaladora e de uma liberdade que ela jamais havia experimentado.

Um Quarto em Roma

As duas ficam ali por horas contando seus dramas e transando sem saber o que farão quando amanhecer – já que cada uma seguirá para um país diferente no dia seguinte. Como personagens, somente elas, os objetos, os cômodos e um servente do hotel que aparece umas duas vezes – sem necessidade, eu diria. 99,99% do filme se passa dentro deste quarto, o que dá para dialogar bastante durante toda a madrugada (resumidas em 1h40min da sequência).

Um quarto em Roma é do espanhol Julio Medem, e não traz novidades na trama, já que filmes com esta fórmula ‘casal-quarto’ já foi visto em “In the Bed” (Matias Bize) e até no brasileiro “Entre lençóis” (Gustavo Nieto). A novidade em Um quarto em Roma é o casal de lésbicas que nos fazem fazer parte daquela madrugada e, assim como elas, nos faz perceber que o tempo passa rápido. Com doses de erotismo e sensibilidade, ficamos com um gostinho de quero mais e a trilha sonora é, assim como todo o conjunto do filme, apaixonante.

Por George Araujo

George Araújo | Publicitário
gasportfolio.blogspot.com
twitter: @geoaraujos