1ª Criança a Ser Adotada Por dois Pais é Coautora em Livro Que Conta a Sua História

Sem categoria
17 de abril de 2013
por Genilson Coutinho


A história da 1ª adoção com dupla paternidade do Brasil acaba de virar um livro: “Dois Pais”. Os cabeleireiros, professores, promoters e pais: Vasco P. da Gama e Júnior de Carvalho acabam de virar também escritores com a publicação do livro “Dois Pais” pela editora Scortecci, com apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura, programa de ação cultural (ProAC) 2011.
A idéia do livro surgiu quando o Vasco se increveu no programa do Governo do Estado de São Paulo de incentivo a ações culturais LGTT – ProAC em 2011. Mesmo sem ter o livro pronto o projeto foi escolhido para apoio. Uma verba do governo como incentivo e o contrato assinado dava início a um compromisso assumido e então o sonho começava a virar realidade começava então a descobrir que era autor. A 15 anos escrevendo colunas sociais para jornais e revistas da cidade e região, espaço no blog Mix Brasil entre uma matéria e outra o conteúdo do livro virou um apanhado de matérias sobre a primeira adoção.
Demandou tempo, dinheiro, persistência e muita paixão pela literatura e este filho que começava a ser gerado – noites sem dormir, dias e dias de enclausuramento, certa alienação e até mesmo uma certa obsessão. Mas no final das contas estamos descobrindo que valeu a pena.
Não pensam em ficar ricos com a venda, mas sim em enriquecer as pessoas com o conhecimento. Renovar conceitos e esclarecer dúvidas enraizadas no preconceito homofóbico e relutante.
“Estamos vivendo intensamente este momento de ser escritor” comentou Vasco P. da Gama. “antes era um sonho que também se tornou realidade” acrescentou. Não pensamos em ficar ricos com esta literatura. Pensamos em enriquecer as pessoas com ela”.
Para Júnior de Carvalho que também faz a orelha do livro,”O livro vai além da concepção comum sobre a adoção e mostra aquilo que para muitos pode não ser natural, mas para nós é poesia. DOIS PAIS é um livro onde o pouco se torna muito e o óbvio pode revelar e exteriorizar emoções. Espere encontrar nas páginas muito mais que simples relatos. Espere se emocionar ou ter a impressão de que a vida é diferente daquilo que você conhece e o grande mistério da existência e das lembranças são as puras concretizações da existência do amor ao próximo”.
O livro resume de forma leve e agradável fatos e experiências que Vasco e Júnior vivem no dia-a-dia e na luta incessante de ensinar e aprender com as filhas Theodora, 11 anos e Helena, 2anos.
Para a advogada Dra. Ivânia M. Camargo Marconi, responsável pelo processo da adoção da segunda filha do casal e que também faz a apresentação do livro na contra-capa diz que o processo de adoção foi um marco na justiça brasileira. “Hoje é difícil um advogado que defenda não só a adoção homoafetiva (casal homosexual) mas uma adoção seja ela tardia ou não, ou mesmo as mais comuns, que não cite em seus argumentos e relatórios o caso de Vasco e Júnior na adoção de Theodora” comenta. “Theodora foi a primeira, mas Helena depois de sete anos já não foi a segunda, e nem a décima. Foram muitos casos de adoções que acabaram sendo favorecidos com esta feliz decisão da Dra. Sueli em 2006” Acrescentou.
Júnior ainda resume “De Uma maneira bem simples e simplificando ainda mais o assunto em que se trata a obra, podemos de forma muita sucinta dizer que o amor é a forma mais simples que o ser humano encontra de trazer para si mesmo a felicidade…..”
O lançamento será no sábado dia 20 de abril, na Pérgula da Praça da Republica em Catanduva a partir das 9h30. O livro será vendido por R$28,00 e também poderá ser adquirido no site da Editora Scortecci – www.asabeça.com.br, na Livraria Cultura e Livraria Martins Fontes Paulista ou na Livraria Santa Rita também em Catanduva.
A CAPA
A capa é uma ilustração do recifence Céo Pontual, e é uma das granes surpresas do livro, fazendo surpresa com a capa, os autores deixaram para revelar a capa somente no dia do lançamento. Céo Pontual, trabalhou como diretor por quase 20 anos em agências de publicidade em Recife, São Paulo e Lisboa, até que resolveu retornar ao seu sonho de infância e virar ilustrador. Hoje trabalha em casa, como designer gráfico, que é sua formação, e ilustrador, que sempre foi. Desenvolvendo trabalhos de marca, identidade visual, capas de livro, cartazes, convites, Ilustrando livros infantis didáticos e paradidáticos, decoração infantil, personagens, campanhas publicitárias, tirinhas entre outros.
Céo Pontual mantém os blogs Frases Ilustradas e Ô Vidinha, que juntos tem mais de 2.000 acessos diários e foi lá que o par Vasco e Júnior conheceram os seus trabalhos.
“Adoramos a ilustração que Céo Pontual fez de nós. Já eramos fãs de seus trabalhos e ter ele criando a capa de nosso livro foi uma grande alegria”, disse Theodora ainda encantada, fazendo cara de suspense e tampando com a mão a ilustração principal do seu livro.
O livro será lançado no próximo dia 20 de Abril, a partir das 9h30 na Pérgula da Praça da República em Catanduva.