​Mulher trans é retirada de banheiro por segurança de bar em Salvador

Comportamento, Social
14 de janeiro de 2019
por Genilson Coutinho
A jovem Joana relatou no seu perfil do Instagram um ato transfóbico ocorrido na última quinta-feira (10), no Fronteira Beer Music, no bairro do Rio Vermelho.
 
Ela, que foi a convite para conhecer o bar, não contava com um ato transfóbico praticado pela responsável pela limpeza e pelos seguranças da casa.
De acordo com Joana, ela foi ao banheiro e notou no primeiro momento que a funcionária da limpeza sinalizava o banheiro masculino. Ao se dirigir ao banheiro feminino foi surpreendida com murros na porta pelos seguranças que a obrigaram a sair do banheiro. “Saí com medo de represálias e violência física, mesmo sem nenhum incômodo das mulheres no banheiro feminino com a presença de uma pessoa trans”, escreveu Joana.
View this post on Instagram

Transfobia mata!!!

A post shared by J O A N A (@jolipers) on

Dois Terços entrou em contato com a assessoria do estabelecimento e eles nos enviaram uma nota de repúdio. Confira abaixo na íntegra:

Nota de Repúdio

 O Fronteira Beer Music vem, por meio desta, externar toda solidariedade à cliente Joana que, por meio das redes sociais, denunciou o episódio de transfobia ocorrido em nossa casa na última quinta-feira. 
 
Nós repudiamos veemente toda forma de preconceito, intolerância, desrespeito e violência neste estabelecimento, atitudes completamente adversas às nossas políticas internas. 
 
Como providência, o Fronteira Beer Music irá trocar toda a sua equipe de gestão e segurança, assegurando que a nova equipe de profissionais terceirizados esteja ciente de que casos como esses não serão tolerados sob nenhuma hipótese. 
 
Reforçamos o compromisso de ser um ambiente de encontro e celebração pautado no respeito a todos, sem discriminação.
 
 Não vamos nos calar diante desta onda crescente de violência contra a comunidade LGBTQ +.